Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

HOJE É O ÚLTIMO DIA PARA PAGAR TAXA DO ENEM

162979

No ano passado, mais de 8,7 milhões de candidatos se inscreveram para fazer as provas do Enem

interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem até hoje (10) para pagar a taxa de R$ 63 do e assim confirmar a inscrição. O pagamento deve ser feito até as 21h59, no horário de Brasília. As provas estão marcadas para os dias 24 e 25 de outubro.

“Quanto mais cedo a pessoa pagar, melhor é, porque evita qualquer tipo de problema”, orienta o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. “Imagine por exemplo que a pessoa esteja querendo pagar e perde a conexão de linha ou falta a luz e não consegue pagar. Ela não terá chance. Isso não é justificativa.”

De acordo com Ministério da Educação (MEC), cerca de 8,5 milhões de pessoas se inscreveram nesta edição do Enem – 3,4 milhões devem pagar a taxa. O número equivale a 40,2% dos inscritos.

Quem não imprimiu a Guia de Recolhimento da União (GRU) no fim do processo de inscrição ainda pode fazer o procedimento. Para isso, basta acessar a página do Enem e informar o CPF e a senha.

Os estudantes que vão concluir o ensino médio este ano em escolas públicas são isentos automaticamente.

Também não pagam a taxa os participantes que solicitarem a isenção por carência, ou seja, aqueles que têm renda renda familiar por pessoa igual ou inferior a um salário mínimo e meio e que cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada. Participantes que declararam ser integrantes de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica também são isentos.

Quem declarou carência deve verificar na página do participante se o pedido de isenção da taxa foi autorizado. Caso isso não ocorra, deve fazer o pagamento também até hoje.

O Enem foi criado para avaliar os alunos que estão encerrando o ensino médio ou que já o concluíram em anos anteriores. Estudantes que não terminaram o ensino médio este ano podem participar como treineiros, ou seja, o resultado não poderá ser usado para participar de programas de acesso ao ensino superior.

Este ano, a taxa de inscrição foi reajustada pela primeira vez desde 2004. Passou de R$ 35 para R$ 63, com o objetivo de repor perdas com a inflação.

Para ajudar os candidatos a se preparar para o Enem, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) preparou o aplicativo Questões Enem que reúne todas as questões desde a edição de 2009. No sistema, é possível escolher as áreas do conhecimento que se quer estudar. O acesso é gratuito.

Agência Brasil

Publicidade:
Campanha Criança Disk 100

FESTA DE SANTO ANTONIO EM EXTREMOZ COMEÇA NESTA QUINTA, 11

ex1

ex2

ex4

O “Trem do Grude”, com muito forró fará parte da programação, saindo da Estação da Ribeira, em Natal, no sábado, 13, às 21h. 

Sempre com o tema “Extremoz te convida; Santo Antonio te espera”, a sétima edição da Festa de Santo Antonio, em Extremoz, começa nesta quinta-feira, 11, e continua na sexta, 12 e no sábado, 13.

O evento contará com atrações nacionais e locais. As atrações nacionais serão as bandas Calcinha Preta, na quinta-feira, 11, Brasas do Forró, na sexta-feira, 12 e Limão com Mel, no sábado, 13.

A principal festa junina da Grande Natal começa às 18h da quinta-feira com a concentração de grupos folclóricos no Complexo Urbanístico Francisco Rêgo, que descerão, às 19h30, a Rua Arrasta Pé em direção à arena do evento, no Conjunto Estrela do Mar, onde haverá apresentação de trios de sanfoneiros, inclusive no Rancho do Povo – onde o prefeito Klauss Rêgo recebe convidados -, apresentação da Banda Municipal, que tocará o Hino Nacional de forma estilizada, apresentação de Quadrilha Estilizada, apresentação de Trio Pé de Serra no palco, outras apresentações culturais a cargo da Fundação de Cultura Aldeia de Guajiru, culminando com a apresentação da Banda Calcinha Preta, às 00h30.

Sexta

Na sexta-feira, 12, a festa começa às 17h com brincadeiras infantis, seguida de Trio de Sanfoneiros na Casa do Sanfoneiro, Trio de sanfoneiros no Rancho do Povo, apresentação de Quadrilha Estilizada, apresentações folclóricas, Trio Pé de Serra no palco, apresentação cultural local no palco e apresentação da Banda Brasas do Forró.

Sábado

Além das apresentações culturais e folclóricas e da Banda Limão com Mel, o “Trem do Grude” fará parte da programação da Festa de Santo Antônio, em Extremoz, considerada a maior festa junina da Grande Natal, no terceiro dia de festa.

O “Trem do Grude” sairá às 21h da Estação da Ribeira, em Natal com destino a Extremoz, sem paradas. Terá em cada vagão um trio de sanfoneiros animando os forrozeiros e desde a saída terá bares para vendas de cervejas e banheiros químicos.

A chegada do “Trem do Grude” em Extremoz será por volta das 22h e na chegada os passageiros serão recepcionados com banda no palco principal. Depois disso a animação ficará por conta da Banda Limão com Mel. (LS).

Serviço

Festa de Santo Antonio de Extremoz: 11, 12 e 13 de junho.

Atrações nacionais: Bandas Calcinha Preta, Brasas do Forró e Limão com Mel.

Início dos eventos: 17h.

Onde comprar as camisetas para o Trem do Grude: lojas online Norte Shopping / Via Direta / Macaíba e farmácia São Lázaro, em Extremoz.

Quanto custa 1º lote: R$ 30,00.

Informações: 8866-9130.

Enviado por Leonardo Sodré

Publicidade:

MINISTÉRIO PÚBLICO DENUNCIA TODOS OS VEREADORES DA LEGISLATURA PASSADA EM CAICÓ

noticia_122352

O Ministério Público de Caicó entrou com uma Ação Civil de Improbidade Administrativa de número 0102167-32.2015.8.20.0101, contra todos os dez vereadores, da última legislatura, de 2008 a 2012. O site do Tribunal de Justiça não traz muitos detalhes, mas segundo informações apuradas pelo Blog do Marcos Dantas, a ação investiga dano ao erário com relação ao pagamento da famosa verba de gabinete, o que para os edis não teria nenhum problema em receber, pois alguns alegaram amparo na legislação municipal.

Figuram como réus na ação os então vereadores Dilson Freitas Fontes, Raimundo Inácio Filho, Nildson Medeiros Dantas, José Maria de Queiróz, Júlio Gregório de Azevedo, Almir da Costa Dantas Filho, Claúdio Sandegi Lopes Fernandes, Milton Teixeira Batista, Sandoval da Silva e Valdemar Araújo. Dezenas de assessores parlamentares dos vereadores também figuram na ação.

Blog do Marcos Dantas

Publicidade:

DEPUTADOS DISCUTEM SOLUÇÕES PARA CRISE HÍDRICA COM SETOR AGROPECUÁRIO

FA

Um grupo de deputados liderados pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB), se reuniu nesta terça-feira (9) com representes dos criadores e produtores rurais do Rio Grande do Norte para discutir soluções para a crise enfrentada pelo setor em função da seca que aflige o Estado.

“Discutimos hoje o socorro que a classe política deve dar ao setor primário do Estado. Deliberamos sobre temas como a escassez de água, a burocracia enfrentada para o acesso ao crédito rural e a cobrança exorbitante de juros a um setor que está sacrificado e que sofre há anos os efeitos da estiagem. A Casa Legislativa é parceira na luta dos produtores e criadores potiguares” disse Ezequiel.

De acordo com o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária (FAERN), José Vieira, a principal reivindicação do setor é em relação ao endividamento rural. “Precisamos mobilizar as classes políticas da região Nordeste para discutir essa questão. A solução é unir forças para pressionar e sensibilizar o Governo Federal quanto à situação crítica enfrentada pelos agropecuaristas nordestinos”, afirmou Vieira.

O deputado Gustavo Fernandes (PMDB) entende que além da união das classes políticas do Nordeste, é preciso que os representantes do Governo Federal visitem as localidades afetadas pela seca. “Precisam ver de perto a nossa realidade para sentirem o drama vivido por essas populações. A bancadas políticas do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará precisam se unir para lutar pela liberação de recursos junto aos ministérios”, disse o parlamentar.

Para o presidente da Associação Norte-riograndense de Criadores (ANORC), Antônio Teófilo Filho, o setor sofre com a falta de políticas públicas para o Nordeste. “Contamos com o apoio da Assembleia Legislativa e sei que ela é sensível à nossa causa. Juntos levantaremos essa bandeira em prol da nossa classe”, declarou.

Durante o encontro, o deputado Tomba Farias (PSB) falou que a Assembleia daria todo o apoio necessário ao setor para atendimento aos pleitos defendidos. “Contam com o pleno apoio da Casa que, liderada pelo presidente Ezequiel, irá mobilizar todo o legislativo do Nordeste para ser ouvido em Brasília”, comentou.

Os deputados George Soares (PR) e Ricardo Motta (PROS) também participaram da audiência, que reuniu ainda representantes dos sindicatos ligados ao setor primário do Rio Grande do Norte.

Frente Parlamentar da água

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte recebeu na tarde desta segunda-feira (8), o deputado estadual da Paraíba, Jeová Campos (PSB), líder da Frente Parlamentar de Combate à Seca na Paraíba para debater desafios do enfrentamento à estiagem no Nordeste. A Frente Parlamentar da Água no RN é representada pelo deputado estadual Galeno Torquato (PSD), com apoio do presidente Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB). O objetivo é unir estados da região em torno do assunto.

ALRN

Publicidade:
Ultrassu - II

CANDIDATOS PODEM BAIXAR APLICATIVO PARA ACOMPANHAR INSCRIÇÃO NO SISU

sisu-2015

O Ministério da Educação (MEC) lançou o aplicativo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). O aplicativo é gratuito e pode ser baixado nas lojas do Android e do WindowsPhone ou pela página de dispositivos móveis do Sisu.

O Sisu seleciona estudantes para vagas no ensino superior público com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Esta edição vai oferecer 55.576 vagas em 72 instituições públicas. As inscrições começaram ontem (8) e podem ser feitas até amanhã (10), exclusivamente pela internet, no site do Sisu.

Pelo smartphone é possível buscar vagas nas instituições públicas de ensino superior, por curso e por instituição. O aplicativo simula a nota final com base nas notas do estudante no Enem, e atualiza diariamente as notas de corte.

De acordo com o MEC, esta é a segunda versão do programa, que na primeira edição de 2015 do Sisu teve 206 mil. O aplicativo foi criado pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI).

Além do Sisu, o MEC espera lançar, ainda em 2015, aplicativos de consultas de vagas para o Programa Universidade para Todos (ProUni) e para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec).

Para participar do Sisu, o candidato precisa ter feito o Enem de 2014, e não ter tirado zero na redação. As inscrições estarão abertas até quarta-feira (10). O resultado será divulgado no dia 15 de junho em uma única chamada. A matrícula deverá ser feita na instituição de ensino, nos dias 19, 22 e 23 de junho.

Na hora da inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. Também deve definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, ou às vagas reservadas, de acordo com a Lei de Cotas (Lei 12.711/2012). As cotas são para estudantes que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. Nesta edição do Sisu, pelo menos 37,5% das vagas serão para estudantes cotistas.

Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte, que é a menor nota para ficar entre os potencialmente selecionados para cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. A nota é apenas uma referência, e não uma garantia de que o estudante será selecionado. Até o fim do período de inscrição, o candidato pode mudar de opção de curso.

Quem não conseguiu uma vaga na chamada regular pode participar da lista de espera se inscrevendo na página do Sisu, na internet, entre os dias 15 e 26 de junho. Em 2014, cerca de 6,2 milhões de candidatos fizeram o Enem em todo o país.

Agência Brasil

Publicidade:
Ddentista II

DEPUTADOS OUVEM ENTIDADES SOBRE PROJETO DE REAPARELHAMENTO DO MP-RN

DEB

O bom debate prevalece na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) que na reunião desta terça-feira (9) discutiu mais uma vez o Projeto de Lei Complementar que trata de alterações no Fundo de Reaparelhamento do Ministério Público (FRMP). NO encontro, foram ouvidos os representantes da OAB–RN, da Associação dos Notários e Registradores (ANOREG), todos contrário ao Projeto, e o próprio MPM-RN, que ao final admitiu a possiblidade de retirar a matéria de tramitação.

“Foi um bom debate, pois ouvimos setores da sociedade e todos eles se manifestaram contrários ao Projeto. Esse é o nosso papel na Comissão de Constituição e Justiça e Redação. Estamos dando condições a todos de manifestarem suas posições na discussão das matérias que precisam de aprofundamento em sua análise, antes de ser votada em nosso plenário”, afirmou a presidente da CCJ, deputada Márcia Maia (PSB).

O presidente da OAB-RN, advogado Sérgio Freire foi o primeiro a manifestar a opinião da entidade. “A OAB é sempre contra o aumento de taxas. A Justiça deve ser facilitada para a sociedade. A majoração, qualquer que seja, é absurda. O atendimento deve ser de forma ampla, independentemente de taxas”, disse Sérgio.

Representando a ANOREG, Airene Paiva também teve posição contrária, com base na justificativa do princípio de acesso à Justiça.  “Aumentos de taxas e emolumentos devem ser discutidos aqui nesta Casa, que está retomando seu verdadeiro papel. Antes projetos do MP e do Tribunal de Justiça não passavam nem nas comissões. Eram aprovados sem debate. Solicitamos essa readequação, mas sem aumento de taxas. Somos contra a forma como foi apresentada pelo MP”, afirmou ela.

Já o representante das entidades produtivas, Laumir Barreto, da Federação do Comércio ressaltou que “o grande problema está nas tabelas anexadas ao Projeto de Lei. Essas taxas foram aumentadas no final do ano passado e entraram em vigor agora em 2015. Estamos em momento de crise e esse aumento de taxas preocupa as classes produtivas”.

O Procurador Geral de Justiça, Rinaldo Reis disse que o impacto total com essa adequação seria de apenas R$ 63 mil ao ano, em favor do Ministério Público. “Não queremos assumir o ônus da dificuldade no acesso à Justiça nem de prejudicar a sociedade. Se for possível podemos retirar o processo de tramitação”, anunciou.

Ao encerrar a reunião, Márcia Maia disse que se a matéria não for retirada oficialmente, ela poderá receber emendas para ser relatada na próxima semana. O deputado Carlos Augusto Maia (PTdoB), se mostrou contra o projeto desde a primeira análise e disse que irá apresentar sugestão sobre as taxas, caso o projeto siga tramitação.

Participaram da reunião desta terça-feira os deputados Márcia Maia, Kelps Lima (SDD), Carlos Augusto, Hermano Morais (PMDB), Dison Lisboa (PSD), Galeno Torquato (PSD) e Albert Dickson (PROS).

ALRN

Publicidade:
Pedrinho II

GALENO APRESENTA REQUERIMENTO PARA CRIAÇÃO DE FRENTE PARLAMENTAR DA ÁGUA

GA

O deputado estadual Galeno Torquato (PSD) apresentou requerimento pedindo a criação da “Frente Parlamentar da Água”, uma iniciativa que pretende discutir e propor soluções para o enfrentamento ao problema da falta de água provocada pelo grande período de estiagem no Rio Grande do Norte. De acordo com o parlamentar, a Frente buscará reunir prefeitos, deputados estaduais, federais, senadores e o governador em torno dos recursos hídricos, tema que afeta diariamente a população norte-riograndense.

“Nós já debatemos a importância da participação da Casa na discussão da crise hídrica que está passando o Rio Grande do Norte. E a criação dessa frente é importante para que possamos acompanhar e se unir ao Governo do Estado na busca por soluções imediatas para as regiões que sofrem com a falta de água”, destacou Galeno.

O parlamentar citou a participação em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (8) com o deputado estadual da Paraíba, Jeová Campos (PSB), líder da Frente Parlamentar de Combate a Seca na Paraíba para debater desafios do enfrentamento a seca no Nordeste. “Essa é uma luta não só do RN, mas dos estados mais afetados. A frente da Paraíba existe há três meses. Precisamos nos unir e buscar soluções em curto prazo, para que possamos cobrar do Governo Federal recursos suficientes para as obras em andamento no Rio Grande do Norte”, destacou.

O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB) também se manifestou sobre o tema. “Esse é um assunto de maior relevância. Não é um simples período de estiagem, já são 1.500 dias de seca fazendo com que reservatórios que nunca secaram, estejam secos e outros estejam a ponto de secar como, por exemplo, o Gargalheiras que atingiu um nível que nunca atingiu. Chegando a deixar de abastecer os municípios de Acari e Currais Novos, além de outras situações dramáticas, como a de Carnaúba dos Dantas, que há dois anos é abastecida com carros-pipa”, citou.

Os deputados Hermano Morais (PMDB), Tomba Farias ( PSB), Gustavo Carvalho (PROS) e Nélter Queiroz (PMDB) colaboraram com o debate propondo colaboração com a Frente. “Vamos ajudar o povo e desburocratizar o governo para que as coisas andem”, disse Nélter.

ALRN

Publicidade:

KELPS LIMA DEFENDE A VALORIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS JUNINOS NO RN

KA

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) destacou, em seu pronunciamento nesta terça-feira (9), a cultura do Rio Grande do Norte no que se refere à valorização dos movimentos juninos no estado.

“Precisamos ter uma cultura empreendedora e de respeito no Estado. O movimento dos quadrilheiros é muito mais importante do que imaginamos e é preciso que o Governo invista em projetos para as quadrilhas juninas e faça a integração do movimento com a Cultura e a Educação”, disse Kelps.

O parlamentar destaca que as quadrilhas juninas precisam significar para o RN o que as escolas de samba representam para o Rio de Janeiro, atraindo turistas para a região.

Em aparte, o deputado Hermano Morais (PMDB) falou sobre a importância das festas juninas para a cultura do Estado e reafirmou que falta a exploração desse vetor por parte do poder público.

A Assembleia Legislativa, através de proposição do deputado Kelps Lima, realizou audiência pública, no último dia 2 de junho, para discutir a valorização das quadrilhas juninas dentro das políticas públicas do Rio Grande do Norte. Segundo dados expostos na audiência, o Estado conta com 185 grupos, o que aponta uma diminuição significativa, de 39 por cento, se comparada há 4 anos, quando esse número era de 300 quadrilhas.

Kelps Lima destacou a presença da vereadora Eudiane Macedo (SDD) na audiência, como uma das defensoras do movimento no âmbito municipal. Segundo ele. a parlamentar disse que vai continuar lutando para que seja liberada a emenda para apoio financeiro às quadrilhas juninas e arraiás de rua.

ALRN

Publicidade:

NELTER DESTACA CRIAÇÃO DA UNIÃO DE VEREADORES DO RN

NA1

Em pronunciamento na sessão plenária desta terça-feira (9), o deputado Nélter Queiroz (PMDB) destacou a importância da criação da União dos Vereadores do Estado do Rio Grande do Norte (UVERN). A entidade foi homologada no último sábado (6), em Jucurutu, numa solenidade que reuniu dezenas de vereadores das diversas regiões do Estado e na qual foi eleita a primeira diretoria, presidida pelo vereador Bruno Melo (PSDB), do município de Severiano Melo.

“Quero registrar aqui que a cidade de Jucurutu ficou lisonjeada por ter sido escolhida para este momento. Como se diz o vereador é o parachoque da classe política do Brasil inteiro. São eles que vivem a realidade do município, que estão no dia-a-dia recebendo pessoas e ouvindo o seu pleito”, disse.

O deputado ressaltou que a UVERN vai se somar ao trabalho da Federação das Câmaras Municipais do Estado do Rio Grande do Norte (FECAM). Nelter também disse que irá apresentar requerimento a fim de tornar a UVERN como entidade de utilidade pública.

ALRN

Publicidade:
Ceramica Semar II

UFERSA OFERECE 1.300 VAGAS PARA O 2º SEMESTRE

UFERSA

Estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2014 já podem se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SiSU). As inscrições seguem até amanhã, na página virtual do programa, no endereço eletrônico www.sisu.mec.gov.br.

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) oferecerá 1.300 vagas, distribuídas entre os campi de Mossoró (690 vagas), Angicos (200), Caraúbas (210) e Pau dos Ferros (200).

Postado por Marcos Dantas

Publicidade:
Dra Isabela