ALTO DO RODRIGUES: ÚLTIMA NOITE DE APRESENTAÇÕES CULTURAIS HOMENAGEIAM QUATRO ESTADOS DO NORDESTE

al1

Dando continuidade às homenagens aos estados do nordeste brasileiro, mais quatro Escolas fazem bonito no palco e mostram o que há de melhor na cultura desses lugares. Mais uma noite com a presença de um grande público e a presença das autoridades do município, prestigiando o evento. O prefeito Abelardo Rodrigues, a vice-prefeita Emilia Patrícia, os vereadores Pedro Eugênio, Zé Pedro e Zé de Zeca, além de secretários de governo, entre outras.

Os alunos da Escola Walfredo Gurgel foi a primeira a no palco e encenou a peça teatral “o rico avarento”, que foi destaque no FESTUERN 2014.

Em seguida, foi a vez dos alunos da Escola Maria Correia de Oliveira, do distrito de Tabuleiro Alto, onde a cultura do estado de Alagoas foi destaque com a dança Bumba-meu-boi. Na sequencia, foi a vez dos alunos da Escola Chapeuzinho Vermelho (de Estreito) homenagear o estado de Sergipe com a Dança do Coco. A cultura da música baiana foi representada pelos alunos da Escola Maria Rodrigues Gonçalves. Encerrando à noite com apresentações culturais, alunos da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva fecharam com chave de ouro com a apresentação da cultura piauiense na dança marujada.

Postado por Altonoticias

Publicidade:
Ultrassu

OS POLÍTICOS NA PROCISSÃO DA PADROEIRA DE NATAL

procisao-Natal-2014

Com atraso de meia hora, a procissão de encerramento dos 261 anos da festa de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira de Natal, arrastou cerca de 30 mil fieis pelo centro de Natal.

De políticos prestigiando o encerramento da festa, a governadora Rosalba Ciarlini participou da missa solene. Já o governador eleito Robinson Faria, a senadora eleita Fátima Bezerra, o prefeito de Natal, Carlos Eduardo e o senador José Agripino Maia preferiram ir à procissão. Os deputados Felipe Maia, José Dias e Hermano Morais também estavam.

Fotos: Márlio Forte – postado por Marcos Dantas

Publicidade:
Ceramica Semar

JOAQUIM LEVY SERÁ O NOVO MINISTRO DA FAZENDA

joaquim-levy-4

BRASÍLIA – Contrariando expectativas, o governo decidiu não anunciar oficialmente os novos ministros nesta sexta-feira. O GLOBO confirmou, no entanto, que o ex-secretário do Tesouro Joaquim Levy será o novo ministro da Fazenda no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. O ex-secretário executivo da Fazenda Nelson Barbosa vai assumir o Ministério do Planejamento.

Barbosa foi chamado por Dilma e se reuniu com a presidente nesta sexta. Auxiliares presidenciais afirmaram que Barbosa, Levy e o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, devem formar o núcleo duro da área econômica. Além deles, a senadora Kátia Abreu (PMDB-GO) é a mais cotada para assumir a pasta da Agricultura.

Levy ajudou Antonio Palocci, quando este assumiu o Ministério da Fazenda, no ajuste fiscal realizado nos primeiros meses do governo Lula, em 2003.

Carioca e especialista em contas públicas, Levy foi chefe da assessoria econômica do Ministério do Planejamento, na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Também foi subsecretário de Política Econômica da Fazenda e, em seguida, passou a secretário do Tesouro, cargo que deixou, três anos depois, para assumir a vice-presidência de Finanças e Administração do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De lá, foi convidado para ser secretário da Fazenda do estado do Rio, no primeiro mandato do governador Sergio Cabral.

LEIA TAMBÉM: Armando Monteiro assumirá Ministério do Desenvolvimento

A confirmação do nome de Joaquim Levy para substituir Guido Mantega ocorre após o governo ter sondado o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, na quinta-feira. Procurado pelo Planalto, o executivo recusou o convite. Segundo interlocutores da presidente, Trabuco seria um bom nome para o mercado, mas sua ida para o governo implicaria contornar uma série de questões societárias e de sucessão no Bradesco.

— Houve uma operação para trazer Trabuco para o governo, mas não deu certo — contou um ministro.

POR MARTHA BECK E ELIANE OLIVEIRA

Publicidade:
Churrascaria O Barandão

‘OPOSIÇÃO NÃO VÊ QUE ELEIÇÃO ACABOU’, DIZ LULA, ESQUIVANDO-SE DO ROUBO NA PETROBRAS

lula_foz

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem, em Foz do Iguaçu, que aqueles que atacam o governo da presidente Dilma Rousseff atuam como se as eleições não tivessem acabado. Na verdade, ele tenta confundir as revelações do escândalo de roubalheira na Petrobras, iniciada em seu governo, com discursos da oposição – que na verdade continua bastante discreta, apesar da gravidade do Petrolão.

Lula foi convidado para ministrar palestra no encontro Cultivando Água Boa, da usina Itaipu Binacional. Ao sair do evento, ele evitou os jornalistas e quando questionado sobre a Operação Lava Jato disse para a imprensa procurar a Polícia Federal e o Ministério Público. Antes de iniciar a palestra, o ex-presidente pediu para a plateia se levantar e fazer um minuto de silêncio, em respeito ao ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, que morreu na manhã de ontem.

Bastante aplaudido, durante o discurso de 40 minutos, o ex-presidente afirmou que o ódio demonstrado contra a presidente Dilma Rousseff não se deve ao fato de ela ter “prejudicado o sistema financeiro ou os empresários”. “O ódio é exatamente porque a filha de um pequeno agricultor está virando doutora nesse País”. Lula falou sobre a possibilidade de reavaliar as normas de distribuição dos royalties pagos hoje por Itaipu. Para ele, parte do montante poderia ser repassada a comunidades lindeiras, incluindo as indígenas. Atualmente, a compensação financeira é paga aos governos do Brasil e Paraguai e municípios lindeiros ao Lago de Itaipu, incluindo 16 brasileiros, como forma de compensação por terras alagadas.

Diário do Poder

Publicidade:
Cesar & Cesar

JURAS A TEMER

temer-e-henrique-alves

Alves jura lealdade a Temer

A propósito, no esforço para ser ministro (Leia mais aqui), Henrique Eduardo Alves faz, a cada conversa, mais e mais juras de lealdade a Michel Temer.

Disse Alves, rasgando seda:

- O PMDB sabe que sua força é sua unidade. Sob a liderança de Michel Temer, assim será.

Alves, aliás, também tem atuado de ponte entre Eduardo Cunha e Temer. Assim, se cacifa dos dois lados.

Por Lauro Jardim

Publicidade:
Cesar & Cesar

ALTO DO RODRIGUES: APRESENTAÇÕES ABRILHANTARAM A 2ª NOITE DA XIII SEMANA DA CULTURA

AC1

A segunda noite de apresentações culturais da XIII Semana da Cultura foi abrilhantada com a presença de um grande público e a participação de cinco escolas do município, entre elas, uma da rede estadual.

No intervalo da primeira apresentação, foi concedido espaço para a coordenadora de enfermagem da Secretaria de Saúde, Jayne Alves, para falar da campanha nacional de vacinação infantil contra a paralisia infantil e o Sarampo. Na oportunidade, Jayne Alves, também preveniu crianças e jovens de 09 a 27, para não deixar de tomar a vacina contra o HPV.

A Escola Municipal Francisco de Oliveira Melo abriu às apresentações com o espetáculo destaque no FESTUERN deste ano “O rapto das cebolinhas”. Em seguida, foi a vez dos alunos da Escola Municipal Manoel Venâncio Filho, do distrito de Barrocas que representou o estado de Pernambuco, mostrando a cultura e as danças daquele estado. Depois, subiu ao palco, a Escola Municipal Joaquim Tereza, do distrito de Canafístula, que apresentou as danças das fitas de Pernambuco. A penúltima apresentação foi da Escola Municipal Félix Antonio, de São José que apresentou um pot-porri de músicas e danças alagoanas. E, fechando a segunda noite de apresentações culturais, a Escola Estadual Professor Luis Carlos, prestou uma homenagem póstuma ao grande comediante do estado do Ceará, Chico Anysio e encenaram “A Escolinha do Professor Raimundo”.

Nesta sexta, à noite, a partir das 19h30min, se apresentou no palco as Escolas Walfredo Gurgel, Maria Correia de Oliveira, Chapeuzinho Vermelho, Luis Moreira da Silva e Maria Rodrigues Gonçalves. Durante todo dia, acontecem diversas oficinas de leitura, de construção de brinquedos, teatro popular, danças regionais, brincadeiras, amostra de artesanato. A Petrobras também participa do evento com um estande, além das secretarias de saúde, meio ambiente e urbanismo e a Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS).

AC2

O encerramento da XIII Semana da Cultura acontecerá no sábado, 22, com a caravana da cultura saindo da Escola Municipal Luiz Moreira da Silva percorrendo as principais ruas da cidade e terminando no largo da cerâmica, onde em seguida acontecerá o show do humoristas cearense Ery Soares.

Postado por Altonoticias

Publicidade:
AMC

MOSTRA FOTOGRÁFICA E DE PINTURA EXIBEM O TALENTO DE ALUNOS DE ASSÚ

ESCOLA NAIR

Nesta quinta-feira (20), alunos da Escola Municipal Professora Nair Fernandes, em Assú, participaram de mostra fotográfica e de pintura que movimentou os corredores da entidade durante toda a manhã e, exibiu todo o talento dos jovens.

Organizado pelas professoras Beatriz Siqueira, da disciplina de História, Antônia Batista, de Geografia, e Francisca Rilma, de Artes, e contando com o apoio da Secretaria de Educação e Cultura de Assú, os alunos do 6º ao 9º ano (Fundamental 2), trabalharam passagens históricas do Brasil em desenhos e pinturas em tela e o patrimônio histórico e cultural de Assú, como os casarões do centro da cidade, em fotografias.

“Eles realizaram uma vernissage contando toda a trajetória do país nesse longo tempo, com pinturas em tela sobre esses momentos marcantes de nossa história e também fizeram uma grande exposição de fotos sobre o passado do município de Assú, com os seus casarões e toda a opulência dos tempos antigos”, lembrou Monalisa Barros, da Secretaria de Educação e Cultura de Assú.

Cine Teatro

No próximo dia 08 de dezembro, a partir das 08h, uma nova etapa desses trabalhos será apresentado ao grande público no Cine Teatro Pedro Amorim. “Nesse dia, faremos uma festa onde iremos premiar e lembrar dos melhores alunos que se destacaram ao longo do ano em diversas categorias, seja do esporte, da dança e também das artes plásticas, como é o caso das turmas do Nair Fernandes que participaram hoje da vernissage e da mostra fotográfica”, ressaltou a professora Beatriz Siqueira.

Na ocasião, o público presente ao Cine Teatro também irá acompanhar uma apresentação da peça O Pequeno Príncipe, encenado por atores-alunos da cidade. “Todas essas apresentações e trabalhos serão no dia 08, nos horários da manhã (08h a 11h) e tarde (14h a 17h) e será aberta aos pais dos alunos e comunidade assuense”, finalizou Monalisa Barros.

SEACOM/Assessoria de Imprensa – PMA

Publicidade:

PREFEITO JAIME CALADO É RECEBIDO PELO PAPA FRANCISCO E OS DOIS TROCAM PRESENTES

IMG_2200

O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, viajou a Europa para receber, em Portugal, um prêmio do Instituto Ambiental Biosfera.

Mas o prêmio maior ele recebeu antes, no Vaticano.

É que Jaime teve a emoção de ter um encontro com o Papa Francisco.

Encontro articulado por dois acarienses: o assessor jurídico Leonardo Braz junto ao Padre Flávio, que atua há anos no Vaticano, e com muito prestígio.

O prefeito Jaime entregou ao Papa uma medalha da Terra dos Mártires de Uruaçu, e recebeu do Papa Francisco, um terço com o brasão papal.

A comitiva que acompanhou o prefeito assistiu ao encontro e participou da celebração de uma missa solene na basílica de São Pedro, em comemoração ao aniversário da congregação do templo.

O Padre Nunes, titular da paróquia de Neópolis, em Natal, também acompanhou o prefeito.
Além de Leonardo e Francielly, dos auxiliares Mario David, Nazareno Alexandre, Joelma Máximo, e do assessor parlamentar Francisco Costa.

Postado por Thaisa Galvão

Publicidade:
Cesar & Cesar

SEMLER: NÃO SE VENDE SEM PROPINA DESDE 1970

semler

247 – O empresário Ricardo Semler, que fez sucesso quando lançou o livro “Virando a própria mesa”, afirma que a cultura da corrupção está entranhada no setor público e diz que deixou de fazer negócios com estatais, porque era impossível vender sem pagar propina.

Ele critica ainda o cinismo que impera no País. “Cada um de nós tem um dedão na lama. Afinal, quem de nós não aceitou um pagamento sem recibo para médico, deu uma cervejinha para um guarda ou passou escritura de casa por um valor menor?”, questiona. “Deixemos de cinismo. O antídoto contra esse veneno sistêmico é homeopático. Deixemos instalar o processo de cura, que é do país, e não de um partido.”

Leia, abaixo, seu artigo desta sexta-feira:

Nunca se roubou tão pouco

Não sendo petista, e sim tucano, sinto-me à vontade para constatar que essa onda de prisões de executivos é um passo histórico para este país

Nossa empresa deixou de vender equipamentos para a Petrobras nos anos 70. Era impossível vender diretamente sem propina. Tentamos de novo nos anos 80, 90 e até recentemente. Em 40 anos de persistentes tentativas, nada feito.

Não há no mundo dos negócios quem não saiba disso. Nem qualquer um dos 86 mil honrados funcionários que nada ganham com a bandalheira da cúpula.

Os porcentuais caíram, foi só isso que mudou. Até em Paris sabia-se dos “cochons des dix pour cent”, os porquinhos que cobravam 10% por fora sobre a totalidade de importação de barris de petróleo em décadas passadas.

Agora tem gente fazendo passeata pela volta dos militares ao poder e uma elite escandalizada com os desvios na Petrobras. Santa hipocrisia. Onde estavam os envergonhados do país nas décadas em que houve evasão de R$ 1 trilhão –cem vezes mais do que o caso Petrobras– pelos empresários?

Virou moda fugir disso tudo para Miami, mas é justamente a turma de Miami que compra lá com dinheiro sonegado daqui. Que fingimento é esse?

Vejo as pessoas vociferarem contra os nordestinos que garantiram a vitória da presidente Dilma Rousseff. Garantir renda para quem sempre foi preterido no desenvolvimento deveria ser motivo de princípio e de orgulho para um bom brasileiro. Tanto faz o partido.

Não sendo petista, e sim tucano, com ficha orgulhosamente assinada por Franco Montoro, Mário Covas, José Serra e FHC, sinto-me à vontade para constatar que essa onda de prisões de executivos é um passo histórico para este país.

É ingênuo quem acha que poderia ter acontecido com qualquer presidente. Com bandalheiras vastamente maiores, nunca a Polícia Federal teria tido autonomia para prender corruptos cujos tentáculos levam ao próprio governo.

Votei pelo fim de um longo ciclo do PT, porque Dilma e o partido dela enfiaram os pés pelas mãos em termos de postura, aceite do sistema corrupto e políticas econômicas.

Mas Dilma agora lidera a todos nós, e preside o país num momento de muito orgulho e esperança. Deixemos de ser hipócritas e reconheçamos que estamos a andar à frente, e velozmente, neste quesito.

A coisa não para na Petrobras. Há dezenas de outras estatais com esqueletos parecidos no armário. É raro ganhar uma concessão ou construir uma estrada sem os tentáculos sórdidos das empresas bandidas.

O que muitos não sabem é que é igualmente difícil vender para muitas montadoras e incontáveis multinacionais sem antes dar propina para o diretor de compras.

É lógico que a defesa desses executivos presos vão entrar novamente com habeas corpus, vários deles serão soltos, mas o susto e o passo à frente está dado. Daqui não se volta atrás como país.

A turma global que monitora a corrupção estima que 0,8% do PIB brasileiro é roubado. Esse número já foi de 3,1%, e estimam ter sido na casa de 5% há poucas décadas. O roubo está caindo, mas como a represa da Cantareira, em São Paulo, está a desnudar o volume barrento.

Boa parte sempre foi gasta com os partidos que se alugam por dinheiro vivo, e votos que são comprados no Congresso há décadas. E são os grandes partidos que os brasileiros reconduzem desde sempre.

Cada um de nós tem um dedão na lama. Afinal, quem de nós não aceitou um pagamento sem recibo para médico, deu uma cervejinha para um guarda ou passou escritura de casa por um valor menor?

Deixemos de cinismo. O antídoto contra esse veneno sistêmico é homeopático. Deixemos instalar o processo de cura, que é do país, e não de um partido.

O lodo desse veneno pode ser diluído, sim, com muita determinação e serenidade, e sem arroubos de vergonha ou repugnância cínicas. Não sejamos o volume morto, não permitamos que o barro triunfe novamente. Ninguém precisa ser alertado, cada de nós sabe o que precisa fazer em vez de resmungar.

Publicidade:
Pedrinho Eletromoveis

CAMPANHA NOVEMBRO DOURADO ENCERRA AÇÕES COM GRANDE EVENTO NA SEGUNDA-FEIRA

cartaz_encerramento_final

proebc-01

Professores da rede pública de ensino do Estado participarão de palestras sobre o combate ao câncerinfantojuvenil

A Campanha “Novembro Dourado”, que tem como parceiro o Programa Brasileiro de Educação Cidadã – Probec,encerra suas ações de combate ao câncer infantojuvenil com grande evento no Centro de Operações da Justiça Eleitoral, localizado no bairro do Tirol. O evento acontecerá na próxima segunda-feira (24) com uma programação que inclui palestras e apresentações de audiovisual e foco para os gestores e professores da rede pública de ensino do Estado.

Através de palestras sobre o diagnóstico precoce, educação cidadã, papel da escola no combate ao câncer infantil, percepção da criança e dos familiares sobre o câncer infantil, entre outros temas, o evento conscientizará os mestres em prol da causa “Cidadania e o Combate ao Câncer Infantojuvenil. Entre os palestrantes estão confirmados a Dra. Annick Beaugrand, oncologista pediátrica da Casa Durval Paia; Dra. Karina Guimarães; Juiz  de Direito, Jarbas Bezerra; Promotor da Infância e da Juventude, Manoel Onofre Neto, entre outros importantes nomes.

Para a realização desse grande evento, estão em parceria: a Escola Judiciária Eleitoral do RN EJE/RN, Probec, Casa de Apoio a Criança com Câncer Durval Paiva e Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC, com apoio do Governo do Estado, LIGA contra o Câncer, Hospital Varela Santiago e Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC. No final do evento será apresentado o curta “Quando eu crescer”, de Emanuel Dias, vencedor do Ancorá – Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá.

Serviços

Local: Centro de Operações da Justiça Eleitoral, Rua Zacarias Monteiro, s/n – Tirol

Data: 24 de novembro

G7 Comunicação – Gustavo Farache

Publicidade:
AMC