MARANHÃO INVESTIU MAIS EM PROPAGANDA QUE EM SEGURANÇA

Descontados as lagostas, camarões e uísques do dia-a-dia no palácio, o governo do Maranhão gastou R$ 38,6 milhões com propaganda em 2013, mostram dados da Secretaria de Comunicação Social, no Portal da Transparência do Estado. A família Sarney é proprietária das mais importantes empresas de comunicação do Maranhão, em todas as mídias impressas e eletrônicas, e por isso é destinatária da maior fatia dessa verba.

A Secretaria de Segurança Pública foi contemplada com gastos mais modestos, no governo Roseana Sarney: R$ 33,2 milhões, e a de Direitos Humanos mais ainda: míseros R$ 702,1 mil. A propaganda só perdeu o pódio para a melhoria do abastecimento de água no Maranhão: R$ 39,7 milhões em 2013.

A capital, São Luís, foi a recordista de repasses ao Estado, segundo o Portal da Transparência do governo federal: R$ 813 milhões.

Ideia de slogan para Roseana Sarney (PMDB-MA), que sai do governo do em abril: “Com as pedrinhas que me atiras estarei no Senado”.

Diário do Poder

Publicidade:
Sua Ótica

INSCRIÇÕES PARA BOLSAS DO PROUNI SERÃO ABERTAS AMANHÃ

Começam amanhã (13) as inscrições para a primeira edição de 2014 do Programa Universidade para Todos (ProUni) pela internet. Segundo o Ministério da Educação, o sistema estará aberto desde o início da manhã, mas não definiu horário. O prazo vai até as 23h59 da sexta-feira (17). A primeira chamada dos estudantes pré-selecionados será divulgada no dia 20 de janeiro no site do programa, que também publicará a segunda chamada no dia 3 de fevereiro.
O ProUni é destinado a alunos que querem concorrer a bolsas de estudo, integrais ou parciais, em instituições particulares de educação superior. As bolsas integrais são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar até três salários mínimos por pessoa. O bolsista parcial poderá utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear o restante da mensalidade.
Pode participar da seleção o estudante que tenha feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. O candidato não pode ter tirado 0 na redação e precisa ter cursado o ensino médio na rede pública ou com bolsa integral na rede privada.
Este ano, há mudança quanto aos procedimentos da lista de espera. Agora, o estudante que não for pré-selecionado nas duas chamadas regulares e quiser participar da lista terá de manifestar interesse pela internet e, em seguida, nas datas previstas em edital, comparecer à instituição de ensino na qual pretende estudar com os documentos necessários.
Após esse processo, a instituição terá prazo para avaliar a documentação. O estudante selecionado receberá o resultado por meio do boletim do candidato, disponível online na página do ProUni. Nas edições anteriores, o candidato tinha de manifestar interesse na lista de espera e aguardar a convocação da instituição.
Agência Brasil

Publicidade:
Centro Odontológico - Eudson

QUAL O POLÍTICO DE ASSÚ É LADRÃO?

jesuino brilhante o cangaceiro

A produção do único filme gerado nas terras onde o rio Açu cresce e passa, foi aqui na terrinha.

Fernando Caldas, o meu amigo “FANFA”, conta toda a história no seu blog, ver em: http://blogdofernandocaldas.blogspot.com.br/2007/12/jesuino-brilhante-o-filme.html

Depois desse filme que foi um famigerado fracasso de público e prejuízo financeiro para os seus produtores, ficou só a lembrança dos bons personagens da terra que se propuseram a contribuir com tal façanha.

Seguindo o preposto da realidade local, só vemos futuristas, idealistas e nenhum bandido. Só no filme.

Se Ivan é o novo, vai cagar nas fraudas de quem lhe deu poder.

Se Ivan é poderoso, vai mostrar a Rosalba Ciarline, Robinson Faria, Fábio Faria, Henrique Alves e Ricardo Motta, cujo partido se filiou a sua verdade. Não compete a nós nenhum julgamento.

Se o ex-prefeito Ronaldo Soares que foi julgado e condenado por improbidade administrativa, que o seja.

O também prefeito responde por questões inerentes a uma condição de improbidade, sujeito a mesma pena.

A conta dessa relação entre eles depois da primeira eleição de Ivan Júnior, vai ter que ser paga e os devedores estarão a mercê dos cidadãos e do ministério público.

José Regis de Souza

 REGIStrando

Publicidade:
Ddentista II

ARIANO SUASSUNA E A BANDA CALYPSO

Se eu admito, se eu uso a palavra genial com Chimbinha, o que é que eu vou dizer de Beethoven?”

Tem um vídeo na internet que está bombando. Nele, o escritor paraibano Ariano Suassuna faz uma análise sobre a banda Calypso. Ao proferir uma palestra no Teatro Municipal da cidade de Santo André-SP, Ariano analisou a letra de uma música da banda e fez comentários sobre uma reportagem de jornal que enfocou a Calypso como uma ‘preferência nacional’.

“Liguei a televisão estava se apresentando essa banda Calypso. Aí eles cantaram uma música que eu vou tentar reproduzir pra vocês. Eles estavam cantando o seguinte: se você quiser me conquistar você tem que suar. Eu não achei ruim. O grupo achou tão bom que resolveu fazer variações: se você quiser me conquistar, você tem que balançar. Se você quiser me conquistar, você tem que rebolar. Uôu, uôu, uôu, uôu, uôu, uôu”, disseAriano, arrancando gargalhadas da plateia.

“O meu neto mais velho, João, disse pra mim: ‘vovô, não fale mal da banda Calypso não porque tem coisa muito pior’. Levando em conta isso que ele me disse eu passei um tempo sem falar mal, mas depois eu voltei”, afirmou Ariano.
Em seguida, analisando uma reportagem de jornal cujo título era: ‘Banda Calypso, preferência nacional’, Ariano leu trecho da matéria que dizia: ‘a Calypso é a verdade do povo brasileiro’. “Eu me senti insultado. A verdade do povo brasileiro ser uôu, uôu, uôu?”, disse o escritor.
Prossegue Ariano Suassuna: “em outro trecho, a reportagem diz: ‘O Chimbinha é um guitarrista genial’. Se eu admito, se eu uso a palavra genial com Chimbinha, o que é que eu vou dizer de Beethoven?”, pergunta ele.

Publicidade:

PROGRAMA REGISTRANDO DO DIA 11/01/2014 (ÁUDIO)

LUCIO E REGIS 16 - 11 - 2013 005

REGIStrando

Cacau show Assu1

Publicidade:

MARANHÃO É O ESTADO COM A MAIOR PROPORÇÃO DE MISERÁVEIS DO PAÍS

Creches sobre palafitas no centro de S. Luis – Foto: Hans von Manteuffel/O Globo

O Maranhão é o estado brasileiro com maior percentual de miseráveis, e o único onde esse índice permanece em dois dígitos: 12,9%, quase quatro vezes mais do que a média nacional, de 3,56%. Os dados são de 2012 e revelam que o estado governado por Roseana Sarney piorou de posição no ranking da pobreza extrema na última década.

Em 2002, o Piauí é que detinha o maior percentual de miseráveis (22,5%), seguido por Alagoas (19,04%). O Maranhão aparecia em terceiro lugar, com 18,97%.

Dez anos depois, num período em que o Brasil viu cair suas taxas de pobreza extrema, o próprio Maranhão conseguiu diminuir a proporção de miseráveis. Mas foi ultrapassado e passou a ter o maior percentual de extremamente pobres do país.

Já o Piauí, escolhido no primeiro ano do governo Lula como local de lançamento do programa Fome Zero, reduziu sua taxa de miseráveis de 22,5% para 4,26%, melhorando sete posições — tem agora a oitava maior proporção de extremamente pobres.

Alagoas permanece com o segundo maior percentual. A taxa alagoana, porém, caiu em velocidade maior do que a maranhense: de 19,04% para 7,87%, ao longo da década.

Acuada por uma crise no sistema penitenciário que desencadeou ataques contra ônibus, Roseana citou anteontem o avanço econômico maranhense como uma das causas do aumento dos problemas na Segurança Pública.

Demétrio Weber, O Globo

Publicidade:
Centro Odontológico - Eudson

UM ANO APÓS A POSSE, JUSTIÇA ELEITORAL JÁ CASSOU 107 PREFEITOS

cassacao_prefeitos

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou ontem (10), um levantamento apontando que, um ano após a posse, 125 prefeitos não estão mais comandando o Executivo municipal. A maioria, 107, teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral. Em 2011, 128 prefeitos deixaram o cargo.

Ainda de acordo com os dados divulgados pela CNM, as demais causas de afastamento são: morte (12), motivo de saúde (2), renúncia (3), e um por motivo não identificado. Os estados com maior número de trocas foram São Paulo (21) Minas Gerais e Rio Grande do Sul (13, cada um) e Mato Grosso (10).

Publicidade:
AMC - II

ROSALBA SANCIONA PROJETO DE ORÇAMENTO PARA 2014

135415

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) deve sancionar a lei que estima a receita e fixa a despesa para 2014 – o Orçamento Geral do Estado (OGE). A posição da chefe do executivo sobre a proposta que norteará as finanças do Rio Grande do Norte era aguardada com ansiedade porque, mesmo após aprovada pela Assembleia Legislativa (AL/RN), ainda rendia polêmica com os Poderes, além de Ministério Público (MPE) e Tribunal de Contas (TCE/RN).  Antes de se manifestar, a governadora incumbiu auxiliares a dialogarem com os representantes de Tribunal de Justiça, MPE e AL/RN. A ideia era condicionar a sanção da matéria ao contingenciamento dos recursos previstos para os Poderes. A proposta não foi aceita.

O Governo optou então por evitar o desgaste político e, mesmo a contragosto, deve sancionar no Diário Oficial do Estado de hoje, o projeto. Juntos, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça e Ministério Público fazem jus a um orçamento de R$ 1,3 bilhão. O percentual que o executivo pretendia reservar (contingenciar) era de 6 ou 7%. Se considerada essa média, o bloqueio nas finanças dos Poderes e MPE seria de R$ 94,5 milhões.

Poderes

Inicialmente, a previsão de recursos proposta pelo Governo para às instituições em 2014 foi menor que a do ano passado. A estimativa gerou a revolta dos representantes de Assembleia, TJ/RN e Ministério Público. A solução para o conflito – negociar o contingenciamento – foi a mesma utilizada ano passado após o veto que deixou em polvorosa os Poderes, em pleno início de ano sem recursos para pagamento das obrigações e folha de pessoal.

A gestão democrata ainda pretendia conversar com os Poderes, uma vez que não foi possível concluir os diálogos, por exemplo, com a Assembleia Legislativa. O veto ao projeto da forma como foi aprovado pelos parlamentares era uma possibilidade até os últimos momentos. Mas como não havia mais tempo hábil para negociação – o prazo acabou ontem – a governadora Rosalba Ciarlini optou por não somar mais um desgaste administrativo.

A receita para o Rio Grande do Norte está prevista no patamar de R$ 12,1 bilhões em 2014. Durante as reuniões com os Poderes, o Governo foi representado pelo secretário de Planejamento, Obery Rodrigues, pelo controlador-geral do estado, Anselmo Carvalho e pelo consultor-geral, José Marcelo Costa. Até ontem, esses técnicos ainda se debruçavam sob os números na tentativa de encontrar um denominador comum.

Até poucos dias, não havia qualquer expectativa de manter os orçamentos dos Poderes da forma como aprovados na Assembleia Legislativa. A equipe econômica do Governo argumentava que dessa forma inviabilizaria projetos e ações importantes do executivo, inclusive em áreas vitais, como segurança, saúde e educação.

NÚMEROS
12,1 bilhões É o valor total do orçamento previsto para o ano
1,3 bilhão É o orçamento destinado aos Poderes

Fonte: TN

Publicidade:
Samucka II

PRIMEIRO REPASSE DO FPM EM 2014 SERÁ DE R$ 3,06 BILHÕES

O primeiro repasse de 2014 do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) vai ser de R$ 3.057.768.849,96. O valor considera o desconto da retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), e entra nas contas das prefeituras nesta sexta-feira, 10 de janeiro. Em valores brutos, com a soma da retenção do Fundo, o montante é de R$ 3.822.211.062,45.

Em comparação com o primeiro decêndio de janeiro do ano passado, o repasse teve crescimento de 36,1% – em termos nominais –, sem considerar a inflação. Já em termos reais, ao se descontar a inflação do período, o crescimento foi de 31,5%. Isso também em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com levantamento da Confederação Nacional de Municípios (CNM), esse crescimento deve-se principalmente a diferenças no cronograma de restituição do Imposto de Renda (IR). O tributo, juntamente com o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), constitui base para o FPM. Ainda de acordo com a Confederação, o repasse reflete à arrecadação realizada no final do ano passado fortalecida pelas compras de fim de ano.

Previsão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), para o mês de janeiro de 2014, indica aumento de 19%, em relação ao mês de dezembro de 2013.

Com informações da Confederação Nacional de Municípios.

Publicidade:
Cezar II

UFRN: NÚMERO DE INSCRITOS NO SISU É MAIS QUE O DOBRO DO VESTIBULAR

135378

As inscrições no  Sistema de Seleção Unificada [Sisu], do Ministério da Educação, acabam hoje às 23h59 no horário de Brasília, ou 22h59 na hora local e até ontem a Universidade Federal do Rio Grande do Norte [UFRN] já contabilizava mais de 70 mil inscrições nos 88 cursos  oferecidos por ela para o primeiro semestre deste ano.  O numero é mais que o dobro da média de inscritos nos últimos vestibulares da instituição.

Segundo a instituição, a média de inscritos nos seus vestibulares era de 30 mil pessoas, o que aponta, no Sisu, uma  concorrência maior na disputa pelas 4.309 vagas abertas. Os cursos com maior número de candidatos inscritos na UFRN são: Ciências e Tecnologia (noturno); seguido por Administração (noturno), Ciências e Tecnologia (integral), Psicologia (integral) e Direto (noturno, Campus Natal). O número, porém, não representa a concorrência, visto que alguns cursos oferecem mais vagas que outros. O primeiro, por exemplo, tem 280 vagas abertas, enquanto o último possui 50, apenas.

De acordo com o pró-reitor de Graduação da UFRN, Adelardo de Medeiros, os cursos que contam com mais inscrições também não são, necessariamente, aqueles com maior nota de corte – a pontuação mínima para que o candidato possa disputar a vaga. “Se o curso tem 40 vagas, então a nota mínima é justamente a nota do candidato que está na 40º posição”, explica. O curso de Direito oferecido em Caicó, por exemplo, conta com 860 inscritos e possui a maior nota de corte da UFRN:  811,52, enquanto, o de CeT tem pontuação mínima de 658,46. Depois de direito em Caicó, os cursos com maior nota exigida são Medidina, Engenharia Civil e Fisioterapia (Campus de Santa Cruz).

Hoje ocorre a última atualização das notas de corte para todos os cursos abertos no Sisu. A pontuação exigida, bem como o número de inscritos em cada um deles, pode variar para baixo ou para cima, de acordo com o desejo dos candidatos. O candidato tem até o fechamento do sistema para fazer qualquer mudança. As inscrições no Sisu acabam hoje às 23h59 no horário de Brasília, ou 22h59 na hora local.

O candidato pode escolher até duas opções de cursos. Ele pode comparar suas notas com a pontuação de corte, para saber se está dentro ou fora das vagas. O resultado é previsto para  a próxima segunda-feira (13). Mesmo quem não passar, pode ser listado na segunda chamada ou na convocação dos candidatos em lista de espera, nos dia 31 e 11 de fevereiro, respectivamente.

Segundo a UFRN, apenas 40% das vagas foram preenchidas na primeira chamada, nos últimos anos. Esta é a primeira vez que a UFRN abre seleção no Sisu no primeiro semestre. A institução ainda deve abrir mais vagas no do segundo semestre, quando vai terminar de preencher suas 7 mil vagas anuais.

Igor Jácome/TN

Publicidade:
Samucka II