Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Sethas EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE DECLARAÇÕES DO DEPUTADO KELPS LIMA

notadeesclarecimento2

Com relação às declarações do deputado estadual Kelps Lima pulicadas no blog, no que diz respeito aos programas de Segurança Alimentar da Sethas, é necessário fazer os seguintes esclarecimentos para a população:

– A melhoria e ampliação dos programas Restaurante Popular e Café Cidadão, que fornecem almoço e café da manhã ao preço de R$ 1 e R$ 0,50, respectivamente, fazem parte de uma gestão que sempre teve como prioridade dar resultados efetivos aos potiguares, assim como deve se pautar todo e qualquer agente público. Infelizmente a administração austera e de resultados ainda causa estranheza e é tida como fruto de objetivos políticos.

– A Sethas tem um dos mais baixos orçamentos de todo o Governo do Estado e uma equipe enxuta, mas mesmo assim está conseguindo bons resultados na condução dos programas e até lançando novos projetos como o Vila Cidadã e o Transporte Cidadão. Criatividade, empenho e parceria com entidades e órgãos públicos foram a saída encontrada em contraposição ao comodismo e à falta de recursos.

– Dito isto, no que diz respeito aos programas mencionados pelo deputado, os recursos são provenientes do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza, portanto, verba que só pode ser investida em ações de Segurança Alimentar e não de Segurança Pública. Além disso, a falta de uma política de investimentos em ações de prevenção também contribuiu para o aumento da criminalidade.

– Vale ressaltar que milhares de potiguares dependem desses programas para garantir pelo menos uma refeição diária. Como dizia o sociólogo Betinho, quem tem fome tem pressa. Pautados nesse lema, a Sethas vai abrir mais 18 Restaurantes Populares até outubro, além dos 12 Cafés Cidadão que estão sendo inaugurados neste mês de agosto.

– Aproveitamos para convidar o deputado Kelps Lima para um almoço em uma das unidades do Restaurante Popular para conhecer a qualidade da refeição servida por apenas R$ 1.

Assessoria de Comunicação – Sethas/RN

Zhamara Mettuza – Coordenadora

Anderson Santos – Subcoordenador

Publicidade:
Ddentista II

Recuperação de rodovias do Estado é discutida na Comissão de Finanças

RG1

A recuperação das rodovias do Estado foi o principal ponto de debate na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) da Assembleia Legislativa realizada na manhã desta quarta-feira (9), em função da precária situação em que se encontra em todas as regiões.

A principal sugestão levantada, que vai ser levada ao Governo do Estado é utilizar os recursos, previstos para a construção da nova avenida Roberto Freire em Natal, em torno de R$ 220 milhões para a recuperação da malha rodoviária e a construção de novas estradas.

“A nossa sugestão é aplicar os recursos nas estradas. Não adianta o Governo fazer a nova Roberto Freire contra a opinião de todos os comerciantes de Ponta Negra e deixar as estradas que geram recursos para o Estado, na situação em que se encontra”, afirmou o deputado Tomba Farias (PSB).

Outro integrante da CFF que manifestou a sua preocupação com a situação das estradas foi o deputado Getúlio Rêgo (DEM). Segundo ele, “as bases das rodovias não aguentam apenas tapa buracos. Elas são feitas para uma utilização de oito anos e muitas têm mais de 20 anos sem recuperação”, disse ele.

RG2

O presidente da Comissão, deputado George Soares (PR) propôs uma reunião do diretor geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Ernesto Fraxe para discussão do plano de recuperação das rodovias. “Não adianta o Governo gastar numa avenida que não vai agradar a muita gente, quando há estradas mais importantes para o Estado, como a RN-118 que liga regiões importantes e que estão em situação quase intransitáveis”, afirmou George.

O deputado Dison Lisboa (PSD), líder do Governo na Assembleia Legislativa disse que já havia conversado com o governador Robinson Faria (PSD) sobre essa possibilidade. “Concordo com essa sugestão que estamos discutindo. Os recursos de R$ 850 milhões de empréstimo ao Banco do Brasil e mais um empréstimo de R$ 698 milhões que está sendo pleiteado junto à Caixa Econômica Federal, para custeio, vão permitir recuperar as estradas, deixar Natal 100% saneada e regularizar o pagamento dos servidores”, afirmou Dison.

Outro tema discutido também diz respeito ao setor. Trata-se do Projeto de Lei de Tarifação do DER e da regulamentação do transporte alternativo. “Esse sistema de transporte cresceu pela ausência do Estado e das empresas maiores e agora precisa ser regulamentado”, argumentou George.

Participaram da reunião os deputados George Soares, Getúlio Rêgo, Tomba Faras e Dison Lisboa. O Projeto de Lei 12/2012 foi baixado em diligência pelo seu relator Dison Lisboa, solicitando informações da Secretaria de Planejamento do Estado se pretende arquivar o projeto, em função do tempo em que foi elaborado ou se vai reformular.

Plenário

O deputado George Soares, aparteado por Tomba Farias, também levou a discussão para a sessão plenária. O projeto do Governo que trata da regulamentação do transporte público foi tema de debate no plenário. O deputado George Soares sugere que seja ampliada a discussão para eliminar possíveis equívocos e para que a Assembleia Legislativa possa colaborar, a exemplo do que ocorreu com outros projetos em tramitação na Casa, como o do Corpo de Bombeiros.

“Aqueles que fazem o transporte complementar não podem ser tratados como clandestinos. Eles geram emprego e renda e dão grande contribuição através de impostos, transportando centenas e até milhares de potiguares para a capital”, defendeu o parlamentar, que solicitou um debate mais aprofundado sobre o projeto, a fim de se eliminar possíveis equívocos por parte do Governo.

George Soares está promovendo audiência pública sobre o tema, no próximo dia 15. “Quero convocar todos para que a gente possa fazer um grande debate, sem excluir aqueles que já trabalham nesse setor e que podem ser penalizados através da tarifação imposta pelo projeto”, afirmou.

O deputado afirmou que aqueles que atuam no setor pagam pesadas taxas, regularizam sua inscrição, mas, entretanto, são tratados como clandestinos: “Eles pagam taxas, regularizam sua inscrição e na hora da fiscalização são tratados como clandestinos por isso estão se organizando numa federação”, disse.

O deputado Tomba Farias (PSB) também ressaltou a necessidade urgente de recuperação de estradas. “São muitas estradas com problemas e sua melhoria irá prevenir acidentes”, afirmou.

ALRN

Publicidade:
AMC - II

Sindicato dos Jornalistas repudia Robinson por culpar imprensa pela sensação de insegurança no RN

NOTA_PTI

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Norte reprova veementemente a declaração dada nesta terça-feira (8) pelo Governador Robinson Faria de que o trabalho da imprensa potiguar é um dos responsáveis pela sensação de insegurança nos cidadãos potiguares. A declaração do governador desrespeita toda a classe jornalística, além de querer mascarar uma realidade vista nas ruas do Estado e confirmada através de dados de pesquisas e instituições como o Atlas da Violência e o Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO).

Num estado onde o número de assassinatos já se aproxima dos 1.500 só em 2017 e que facções impõem medo em diversas partes do Estado, não cabe à imprensa resolver este problema. Isto deve ser uma postura de Governo. À imprensa cabe noticiar os fatos e não omitir informações e dados públicos à sociedade, e é o que colegas jornalistas têm feito todos os dias.

Minutos após a equivocada declaração do Governador a uma emissora de rádio de Natal, um tio da primeira dama, Julianne Faria, foi baleado durante o enésimo assalto a uma farmácia da capital potiguar. Precisa dizer algo mais?

Reforçamos nosso apoio aos colegas jornalistas em seu trabalho vital para a sociedade potiguar, e nos solidarizamos com as milhares famílias e vítimas de violência no Rio Grande do Norte.

Blog do Heitor Gregório

Publicidade:

TRT-RN: Acordo entre sindicato e CBTU garante a contratação 51 concursados

CBTU

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) vai contratar 51 novos empregados aprovados em concurso público, como resultado de conciliação feita no Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Natal (Cejusc-Natal).

O acordo, conduzido pelo juiz do Trabalho Michael Knabben, foi acertado entre a CBTU e o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias do Rio Grande do Norte, em ação civil pública ajuizada pelo órgão de classe contra a contratação ilegal de trabalhadores para áreas-fins da empresa.

Serão chamados 20 assistentes de manutenção (manutenção e conversão em vias férreas), sendo dez contratados até 30 de agosto e dez em até 90 dias.

A validade do último concurso para o cargo de bilheteiro (assistente operacional – operação de estações) foi prorrogado. Os candidatos aprovados na primeira fase serão chamados para a realização dos exames finais com o objetivo de contratar 31 deles até o final de dezembro deste ano.

Para isso, foi aumentada a nota do ponto de corte, pois não existiam candidatos aprovados suficientes para preencher as necessidades da empresa. Todos os 11 aprovados no último concurso já haviam sido  contratados.

No julgamento da ação civil pública, a 5ª Vara  do Trabalho de Natal (RN) reconheceu a contratação ilegal de prestação de serviços de vigilância, venda de bilhetes e manutenção e conservação de via férrea, determinando a rescisão de todos esses contratos, bem como a proibição da realização de novas contratações sem concurso.

Comunicação Social

Publicidade:

Situação de insegurança em Ceará Mirim faz Ezequiel relembrar pleitos ao Governo

CM

A insegurança em Ceará Mirim, município da região metropolitana de Natal, chegou a níveis insuportáveis o que está levando a população a clamar por socorro em função da crescente violência e do número de assassinatos. Somente este ano já foram registrados 105 assassinatos, um número que supera, de longe as ocorrências do ano passado, no mesmo período.

Para atender às reivindicações da população da cidade, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa vai requerer ao governo do Estado urgência no atendimento das reivindicações da comunidade, com ações que melhorem a estrutura do sistema de segurança no município.

“Ceará-Mirim é um importante centro comercial, turístico e agropecuário da região metropolitana do Estado e a sua população não pode viver nesse clima de terror. Vamos solicitar urgência do governo do Estado no atendimento dos pedidos que nos chegam de todos os recantos daquele município. Entre elas estão o reforço do contingente policial da Polícia Militar e da Polícia Civil e melhoria na estrutura de apoio para que o crime possa ser combatido e os criminosos punidos”, afirma o deputado Ezequiel Ferreira.

Com uma estrutura de investigação reduzida, a Polícia Civil tem dificuldade para concluir os inquéritos sobre os assassinatos que aumentam de diariamente, inclusive com a denúncia na mídia de que há a ação de um grupo de extermínio por trás da maioria dos casos, conforme indica a principal linha de investigação policial.

Inclusive, em Ceará Mirim, em fevereiro último foi registrado no município a segunda maior chacina do Rio Grande do Norte, em 2017, com 13 mortes, ficando abaixo apenas do massacre ocorrido na penitenciária de Alcaçuz, com mais de 20 mortes.

Na opinião do comandante da companhia da Polícia Militar de Ceará-Mirim, capitão Ailton Trindade, a disputa pelo comércio de drogas entre facções criminosas, é uma das principais causas do aumento de assassinados na cidade neste ano.

“Com o registro de tanta violência, a cidade é hoje a terceira, em números absolutos, com mais mortes em todo o Estado, ficando atrás apenas de Natal e Mossoró, o que justifica o clamor da população pela recuperação da segurança pública”, enfatiza o deputado Ezequiel Ferreira.

ALRN

Publicidade:
Cezar II

Cine Teatro Pedro Amorim dá sequência a uma vasta agenda de eventos artístico-culturais

CT10

Principal celeiro de manifestações artístico-culturais do Assú e que tem sua importância engrandecida pela administração do prefeito Gustavo Montenegro Soares, o Cine Teatro Pedro Amorim vem experimentando um período intenso em sua agenda, sempre atraindo grandes públicos para valorizar os artistas locais e vivenciar a arte e cultura nos seus mais diversos gêneros. E, segundo o coordenador-geral Marcos Henrique da Silva, a determinação da gestão é priorizar a cultura no seu todo, garantindo reconhecimento e oportunidade à produção artístico-cultural local e fazendo do seu interior um universo multicultural.

Ele ressalta que foi com essa determinação que, durante o quarto aniversário da revitalização do Cine Teatro, a estrutura atraiu um público de mais de 1.600 (mil e seiscentas) pessoas, enfatizando a expressiva programação que o Cine Teatro viveu durante o período de 14 dias de eventos em julho passado, correspondente à mencionada comemoração. E este mês de agosto já vem sendo marcado com as atividades alusivas à Semana do Estudante, que se prolongarão até este próximo sábado, dia 12.

Para o mês de setembro o itinerário do Cine Teatro prevê a realização de uma Mostra de Cinema, realizada em parceria com o Sistema Fecomércio/RN, SESC e SENAC, nos dias 15 e 16, voltada para alunos da rede pública de ensino do período matutino, mas, aberta ao público em geral durante a noite. Na continuação, a expectativa é que o Cine Teatro restabeleça o cronograma de projeção de filmes. “É uma determinação, não só da Secretaria de Educação e Cultura, mas, de todos que fazem parte da atual administração, dar total apoio a cultura em seus diversos segmentos e tratá-la também como forma de empreendedorismo”, concluiu Marcos Henrique.

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
Senhorinha II

Kelps Lima critica postura do governador em entrevistas

6ea82a3f-1820-4a46-b223-983363f107c2

O deputado Kelps Lima (Solidariedade) criticou, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (9), a postura do governador do Rio Grande do Norte. O parlamentar questionou as afirmações feitas por Robinson Faria (PSD) sobre empréstimo para pagar aos servidores, em relação à insegurança no Estado e aos Projetos de Leis aprovados que foram de autoria da Assembleia.

“Robinson Faria ultrapassou todos os limites. Ele mentiu quando disse que o empréstimo negociado com os bancos seria para pagar a folha dos servidores, mentiu quando disse que os números não refletem a violência e sim a sensação de insegurança e mentiu sobre projetos sancionados”, disse Kelps.

O parlamentar reforçou que o secretário de Planejamento do Governo do Estado disse, em entrevista a um jornal local, que o empréstimo não garantiria o pagamento da folha dos servidores. Para o parlamentar, esse empréstimo é absurdo e vergonhoso. “Se a Assembleia receber esse projeto, não pode aceitar, é preciso devolver”.

Sobre a violência, Kelps falou que o governador falou em uma rádio que “não são os números que dizem a violência, e sim a sensação de violência, e essa sensação só está assim por causa da imprensa”, reproduziu.

Kelps Lima ainda ressaltou que o governador postou nas redes sociais que editou uma lei tornando a vaquejada do RN, um patrimônio cultural do Estado, quando a lei é de autoria do Poder Legislativo.

ALRN

Publicidade:

Conselho Regional de Medicina do RN DIVULGA NOTA DE REPÚDIO SOBRE INSEGURANÇA NO ESTADO

NotadeRepúdio

Publicidade:

ASSÚ: Prefeito agiliza conversações com o INCRA/RN sobre pleito de colonos e o Fomento Mulher

2017-08-08-PHOTO-00000351

Buscando assegurar ao atendimento do pleito exposto ao INCRA/RN pelos colonos dos PAs-Projetos de Assentamento de Palheiros e Novo Pingos, apresentado durante encontro segunda-feira, dia 7, com o superintendente do órgão no estado, Leonardo Guedes, no qual estiveram presente os dirigentes das associações comunitárias dos PAs, o deputado George Soares, o coordenador de Agricultura da Prefeitura, Willamy Fagundes, e o vereador Paulo Brito – autor do requerimento solicitando a titulação dos lotes –, o prefeito Gustavo Soares esteve nesta terça-feira, dia, na superintendência do órgão, em Natal.

Leonardo Guedes relatou ao chefe do Executivo o que foi tratado na reunião de segunda-feira em Assú. O prefeito reiterou seu desejo de que a questão possa progredir de forma célere de modo a que a reivindicação dos colonos seja atendida no menor espaço de tempo possível, colocando a Prefeitura à disposição no que estiver ao seu alcance para que este objetivo seja alcançado. Foi decidido que será agendada uma nova reunião em Assú, em data a definir em breve, na qual espera-se que ocorra a formalização dos títulos de propriedade não só dos PAs de Palheiros e Novo Pingos como do PA Professor Mauricio de Oliveira.

Fomento Mulher – O prefeito Gustavo Soares também entregou ofício formalizando sua intenção de celebrar convênio com o INCRA/RN para possibilitar a execução do programa Fomento Mulher, do Governo Federal, em Assú. O programa dispõe de linha de crédito, específica para mulheres da reforma agrária, apoiando projetos de segurança alimentar e nutricional até R$ 3 mil, com taxas de juros de 0,5% e aporte de 80% da União – ou seja, as assentadas só precisam devolver ao banco 20% do valor do crédito atualizado. Além disso, elas têm até um ano para pagar.

Fotos: Marcos Costa/Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
JC Contabil II

GEORGE SOARES E PREFEITO GUSTAVO REFORÇAM SETOR RURAL DE ASSÚ

IMG_20170808_181933_806

Nesta terça-feira, 08, em reunião na AGROPEC, feira nacional agropecuária que ocorreu em Parnamirim, o deputado estadual George Soares (PR) esteve junto ao prefeito de Assú, Dr. Gustavo Soares (PR), com o secretário de agricultura do estado, Guilherme Saldanha, e com o presidente da Federação da Agricultura do Estado (FAERN), José Vieira, para tratar de ações no setor rural de Assu, município que possui uma área muito rica na agricultura do RN e estava sem ações relevantes no setor.

Por causa desse encontro, o secretário de agricultura garantiu as autoridades a instalação de 20 barragens submersas e 20 cisternas de produção, além de recursos para investimentos em uma queijeira. Garantiu também, a liberação do projeto da feira-livre de Assú que está sendo analisado pela secretaria.

Com a FAERN foram garantidas parcerias em vários cursos profissionalizantes e a realização de exames de saúde na zona rural da capital do Vale.

“Nosso mandato está construindo ‘pontes’ entre as gestões municipais e os órgãos parceiros para o benefício chegar rápido ao nosso povo”, concluiu o deputado George Soares.

REGIStrando

Publicidade:
Senhorinha II