Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

Prefeito reiterou intenção de concluir e inaugurar UPA do bairro Alto São Francisco

Em companhia do secretário municipal de Saúde, Luís Eduardo, o prefeito de Assú, Gustavo Soares manteve compromisso de trabalho segunda-feira última, dia 9, na Procuradoria Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal. Na esfera do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Saúde-CAOP Saúde, o gestor assuense pôde reafirmar o propósito de seu governo de finalizar as obras de construção da inacabada obra da Unidade de Pronto Atendimento-UPA, localizada no bairro Alto São Francisco, setor suburbano da cidade.

O empreendimento foi encontrado inconcluso pelo gestor ao chegar à chefia do Executivo em janeiro deste ano. No contato com a coordenação do CAOP Saúde, diálogo testemunhado pela 3ª promotora de Justiça da comarca do Assú, Tiffany Mourão, o prefeito Gustavo Soares e o secretário Luís Eduardo explanaram os esforços que estão sendo realizados pela administração municipal no sentido de não apenas concluir a estrutura física da UPA, como também providenciar sua inauguração e, em seguida, empenhar-se para assegurar seu funcionamento.

Imagem: Alex Silva/Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

 

Publicidade:
Ultrassu - II

CARVALHO SUPERMERCADO: QUINTA DA CARNE

Publicidade:

Campanha de vacinação antirrábica já imunizou mais de 2 mil animais em Ipanguaçu

Iniciada no mês de julho, a Campanha de Vacinação Antirrábica já imunizou 2.185 animais em Ipanguaçu, sendo 1.483 cães e 702 gatos. Os dados, repassados pela Secretaria de Saúde (Sms) – através da Coordenação de Endemias – foram registrados até o último sábado (07) quando foi realizado o Dia D da Campanha.

Em Arapuá, a vacinação ainda ocorre de forma domiciliar gradativamente, e imunizou até o momento 169 animais. Destes, 115 cães e 54 gatos. No bairro Ilha Grande a imunização aconteceu de forma satisfatória, e obteve 328 animais vacinados, sendo 245 cães e 74 gatos.

A Campanha já superou 50% da meta estabelecida pela Secretaria de Saúde, e seguirá promovendo a imunização pelo município. A vacina é o meio mais eficaz contra a raiva animal. Quem não vacinou o seu animal de estimação ainda dá tempo.

Fonte/Foto: Secretaria Municipal de Saúde/Coordenação de Endemias

Publicidade:
Leila Cabeleleira II

Cine Teatro viveu dupla comemoração alusiva à Criança e ao Teatro Municipal

Dentro de sua agenda de atividades definida para todo o mês de outubro, quando celebra-se o aniversário de 172 anos de emancipação política, social e administrativa do Assú – cuja data-magna oficial terá registro na próxima segunda-feira, dia 16 – o Cine Teatro Pedro Amorim dedicou esta quarta-feira, dia 11, a uma programação que festejou duas datas: o Dia da Criança, observado oficialmente nesta quinta-feira, dia 12; e, o Dia Municipal do Teatro, registrado nesta quarta-feira.

“Temos um vasto calendário de eventos para marcar todo o mês do aniversário de nossa querida cidade e, hoje, tivemos esta dupla celebração”, frisou o coordenador do Cine Teatro, Marcos Henrique, ressaltando que a orientação recebida do prefeito Gustavo Soares é que o estabelecimento seja um espaço público permanentemente à disposição das manifestações culturais do município. O evento registrou a participação de alunos de escolas da rede municipal e espetáculo com o artista assuense Shicó do Mamulengo.

Imagens: Marcos Henrique/Reprodução

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade:
Ultrassu - II

NOTA DO DEPUTADO ESTADUAL GEORGE SOARES SOBRE OS APOSENTADOS DA UERN

Venho através desta nota, emitir meu apoio aos aposentados da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte na luta para a manutenção de suas aposentadorias na folha de pagamento da UERN. O governo quer passar a responsabilidade para o IPERN, porém os aposentados perderão uma série de direitos adquiridos se essa transferência acontecer.

A permanência dos aposentados significa a valorização e o reconhecimento de pessoas que há 49 anos vem construindo uma universidade que conquistou lugar de destaque no ensino superior do RN.

Como grande apoiador da educação pública estadual de qualidade, espero que o governo reveja seus planos e que os aposentados da nossa universidade permaneçam lotados onde historicamente trilharam com dignidade o trabalho de apoio a educação superior estadual.

DEPUTADO GEORGE SOARES

Publicidade:
Sua Ótica

Assembleia Legislativa lança campanha ‘Doe Lenços’ na próxima segunda-feira

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte dará início, na segunda-feira (16), à campanha “Doe Lenços”. A campanha, criada pelas Secretarias de Saúde e da Mulher da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), em parceria com todas as Assembleias Legislativas brasileiras, acontece em função do movimento Outubro Rosa, de conscientização às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama.

A Assembleia definirá pontos para arrecadação de lenços que serão encaminhados, depois, à uma instituição que atua junto a mulheres em tratamento da doença. A divulgação também está sendo feita pela TV Assembleia, por meio de um vídeo institucional pela Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL).

O período de arrecadação do lenço será de 16 a 27 de outubro e a instituição que receberá os lenços será indicada pela Comissão de Saúde da Casa. A entrega deverá ser realizada nos dias 30 ou 31 de outubro, fechando o mês da campanha do Outubro Rosa.

Como parte da programação do Outubro Rosa, a Assembleia Legislativa promoveu, em parceria com os Grupos Reviver e Despertar, e a Rede Feminina Contra o Câncer, uma Sessão Solene proposta pela deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB) e presidida pelo presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB). “Contribuir com essas entidades é sempre muito gratificante, principalmente, quando se constata o benefício de impactar as pessoas trazendo conforto e bem estar”, justificou o presidente da Assembleia.

Em parceria com o Grupo Reviver, a Assembleia lançou, pelo terceiro ano consecutivo, um mutirão para realização de exames de mamografia, onde uma unidade móvel se instalou na frente da sede do legislativo, e seguirá, até o final do mês, para outros pontos da capital. “Há uma fila de milhares de mulheres em busca de mamografias na rede pública e um pouco desta demanda reprimida chega para atendimento durante o Outubro Rosa. A Casa Legislativa junto com as voluntárias do Grupo Reviver contribui para a prevenção do Câncer de Mama há três anos, e ao detectar casos da doença, já efetua o encaminhamento para o início do tratamento”, explicou o deputado Ezequiel Ferreira.

É de autoria de Ezequiel, a Lei aprovada e sancionada em 2015, que instituiu no calendário oficial do Estado do Rio Grande do Norte, o movimento ‘Outubro Rosa’.

ALRN

Publicidade:
AMC - II

GEORGE SOARES RECEBE COORDENADORES DA ROTA DO CORDEIRO

Nesta quarta-feira (11), o deputado estadual George Soares (PR) recebeu na Assembleia Legislativa do RN, o gerente regional do SEBRAE no Vale do Açu, Fernando de Sá Leitão e o médico veterinário, Carlos Henrique Souza, coordenador da Rota do Cordeiro, programa do Ministério da Integração Nacional para estimular o consumo da carne de carneiro no Brasil.

O Rio Grande do Norte é um dos maiores produtores de caprinos do país. A carne do carneiro é reconhecidamente uma das mais saudáveis para o consumo humano e a ideia central do programa, segundo os coordenadores, é dá um olhar especial a ovinocaprinocultura que se adapta perfeitamente as condições da nossa região.

“Nosso mandato se comprometeu em apoiar a estruturação e a capacitação técnica dessa atividade econômica que gera emprego e renda para nossa população e precisa de mais investimentos, por isso abraçamos essa causa,” afirmou George Soares.

Assessoria de Imprensa do Deputado Estadual George Soares

Publicidade:
JC Contabil II

População do RN escolherá destino de R$ 1 mi em emendas federais

O deputado federal Beto Rosado (PP) lançará, nesta quarta-feira (11), às 18 horas, em transmissão ao vivo pelo Facebook, o projeto “Mandato Participativo”, no qual o povo do Rio Grande do Norte decidirá o destino de R$ 1 milhão em emendas parlamentares impositivas colocadas no Orçamento Geral da União (OGU) de 2018.

Por meio do site www.mandatoparticipativorn.com.br, os potiguares votarão entre dez ações para as quais as emendas poderão ser destinadas e os municípios que serão beneficiados. As três ações com os três municípios mais votados serão contempladas. Após a escolha, o internauta poderá indicar como sugestão o bairro para o qual deseja indicar a realização proposta.

“Essa é mais uma ferramenta de participação popular nas ações do nosso mandato. O povo vai decidir onde serão investidos esses recursos. Estamos lançando neste ano de 2017 e pretendemos continuar com essa sistemática. Assim, a população poderá participar de forma direta e ativa das nossas ações. Na transmissão ao vivo que farei, darei mais detalhes”, declarou o Beto Rosado.

Assessoria de imprensa

Publicidade:

GROSSOS: Prefeito sanciona 5 projetos de lei da Vereadora Clorisa Linhares

Nesta terça-feira (10) o senhor José Maurício – prefeito de Grossos – sancionou 5 projetos de lei da Vereadora Clorisa Linhares.

Os projetos que a parti de hoje viraram lei, são: Dia do Círculo de Oração, Dia dos Ministro de Louvores, Exploração de sal como atividade social e economica, Semana da Leitura e Programa Municipal do Artesanato.

Veja em detalhes cada um:

1º – Dia do Círculo de Oração:

Fica instituído no âmbito do Município de Grossos, o DIA DO CÍRCULO DE ORAÇÃO”, como sendo o dia 06 (seis) de março, ser comemorado nos templos de todas as Denominações Cristãs do Município de Grossos-RN, que visa homenagear a iniciativa da irmã Albertina Bezerra Barreto.

2º – Dia dos Ministros de Louvores:

Fica instituído o “Dia dos Ministros de Louvor e dos Grupos de Louvores das Denominações Cristãs”, a ser comemorado anualmente no 3º domingo do mês de julho.

3º – Exploração de Sal Marinho como atividade de interesse Social com Impacto na Economia.

Fica reconhecido o interesse social da atividade de exploração do Sal Marinho produzido pelo setor salineiro de Grosso-RN e região, com impacto na economia, saúde, emprego, renda e consumo.

4º – Semana da Leitura:

Fica instituída, no âmbito Municipal, a Semana da Leitura a ser Realizada nas Escolas Públicas e Privadas do Município de Grossos.

A data instituída ocorrerá na última semana do mês de outubro e passará a constar no Calendário oficial de datas e eventos do município de Grossos.

5º – Programa Municipal do Artesanato.

Art. 1º – Fica instituído o Programa Municipal do Artesanato Grossense, com a finalidade de coordenar e desenvolver atividades que visam valorizar o artesão na Cidade de Grossos-RN, elevando o seu nível cultural, profissional, social e econômico, bem coo desenvolver e promover o artesanato como instrumento de trabalho e empreendedorismo.

Art. 2º – O Programa Municipal do Artesanato Grossense promoverá:

I – A capacitação dos artesãos na Cidade Grossos, por meio de cursos, oficinas, seminários e demais ações educativas que auxiliem os artesãos no aprimoramento do trabalho artesanal, bem como na instrução e formação do empreendedorismo do artesanato;

II – A realização de Feiras e Exposições que visem à produção e comercialização de produtos artesanais;

III – O incentivo à integração de iniciativas relacionadas ao artesanato e a troca de experiências e aprimoramento de gestão de processos e produtos artesanais;

IV – Medidas para a melhoria da competitividade do produto artesanal e da capacidade empreendedora para maior inserção do artesanato Grossense nos mercados nacionais e internacionais;

V – A identificação de espaços mercadológicos adequados à divulgação e comercialização dos produtos artesanais, a participação em feiras, mostras e eventos nacionais e internacionais, bem como espaços públicos para facilitar a comercialização do produto artesanal;

VI – O mapeamento do setor artesanal na Cidade de Grossos-RN, por meio de estudos técnicos e do cadastro do artesão em Sistema próprio, visando a elaboração de políticas públicas para o setor;

VII – Métodos de formação ao empreendedorismo, com a formalização do artesão, promovendo o empreendedorismo e estimulando sua participação em associações e cooperativas, como forma de melhorar a gestão do processo de produção;

VIII – Incentivo aos empreendimentos de artesanato na Cidade de Grossos-RN, com vantagens aos produtos artesanais nas compras públicas da municipalidade;

IX – A criação da Rede Municipal do Empreendedorismo Artesanal, a fim de possibilitar a troca de experiências, intercâmbios, desenvolvimento de negócios solidários para o fortalecimento econômico deste segmento;

X – O desenvolvimento de estratégias e ações para o fortalecimento e crescimento das iniciativas produtivas no universo da economia criativa, economia solidária e do cooperativismo.

XI – O acesso ao Microcrédito e ás ações de fomento visando o desenvolvimento do trabalho artesão e do empreendedorismo artesanal.

Art. 3º – Para os fins desta lei, entende-se por empreendedor artesanal as associações, cooperativas, pequeno empresário, microempresários que tenham como atividade principal a produção e comercialização de produtos artesanais, realizados de forma manual pelo próprio artesão, nos termos da Lei Federal nº 13.180/2015, sendo presumido seu exercício de atividade predominantemente manual, que pode contar com o auxílio de ferramentas e outros equipamentos, desde que visem a assegurar qualidade, segurança e, quando couber, observância às normas oficiais aplicáveis ao produto, ou aqueles que atuem exclusivamente com a revenda de produtos artesanais.

Parágrafo Único: não são considerados empreendedores artesanais para os fins desta lei:

I – Aqueles que atuem no comércio de produtos artesanais com outros tipos de produtos, bem como as empresas de grande e médio porte;

II – Aqueles que trabalham de forma industrial, com o predomínio da máquina e da divisão do trabalho, do trabalho assalariado e da produção em série industrial;

III – Aqueles que somente realizam um trabalho manual, sem transformação da matéria-prima e fundamentalmente sem desenho próprio, sem qualidade na produção e no acabamento;

IV – Aqueles que realizam somente uma parte do processo da produção, desconhecendo o restante, com exceção dos revendedores exclusivos de artesanato.

Art. 4º – Para a promoção de ações visando o desenvolvimento do artesanato Grossense previsto nesta lei, bem como de políticas públicas visando o fortalecimento do artesão e do empreendedorismo artesanal, fica a cargo da Secretaria Municipal de Cultura.

Art. 5º – Cabe ao Executivo Municipal o cadastro e inscrição dos artesões e dos empreendimentos artesanais, nos termos do artigo 2º e seu parágrafo único, atestando ainda a qualidade artesanal dos produtos produzidos e comercializados.

Art. 6º – Para a promoção do trabalho artesanal previsto no artigo 2º da lei, o Executivo deverá garantir ao menos 20% (vinte por cento) de vagas aos artesãos nos locais de concessão ou permissão de uso do solo para o comércio ambulante, sem prejuízo ou revogação das permissões já concedidas nestes locais.

Parágrafo Único: não havendo demanda ou pedido suficiente para a obtenção da reserva de vagas prevista neste artigo em quaisquer dos locais de concessão e permissão do uso do solo para o comércio ambulante, o Executivo poderá compensá-las com abertura de novas concessões e permissões em locais cuja sua implementação atenda ao caráter histórico e cultural, sem computação daquelas pré-existentes a edição desta lei.

Art. 7º – Poderá o executivo para a execução desta lei realizar convênios e parcerias como os demais entes da federação, bem como instituições e empresas privadas.

Art. 8º – As despesas com a execução desta lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessárias.

Art. 9º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário.

Por Ronaldo Costa Josino

Diário de Grossos

Publicidade:
Pedrinho II

Lagoa do Piató: Onde foi água é estrada

Não está nada fácil a situação hídrica no município de Assú e em todo o Vale do Açu. A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves está com menos de 15% da sua capacidade total de armazenamento com previsão de entrar em volume morto no mês de dezembro quando segundo previsões de especialistas ficará com apenas 10% de água causando um colapso no abastecimento hídrico de várias cidades potiguares, deixando com sede mais de cem mil pessoas na região.

“Chegando ao volume morto a água não passará mais por gravidade na torre de tomada d´água e o rio seca”, explicou o engenheiro do DNOCS em Assú, Rafael Mendonça.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), terá que se desdobrar para ter condições de continuar ofertando o precioso liquido.

A escassez de chuva que faz a Barragem penar, é a mesma que fez secar a Lagoa do Piató na zona rural de Assú.

“Quem diria que um dia alguém veria essa cena. A lagoa totalmente seca”, disse uma moradora do Porto Piató enquanto um motociclista seguia rumo a outra comunidade rural por um caminho que se formou onde uma dia só havia água banhando de fartura o lugar.

O reservatório que mede cerca, de 18 quilômetros de extensão tem capacidade para armazenar até 96 milhões de metros cúbicos. No próximo dia 16 de outubro, segunda-feira haverá uma reunião pública para tratar da revitalização do manancial. A iniciativa do encontro é do Grupo Lagoa Viva.

 

Publicidade:
AMC - II