Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

NUNCA HOUVE NEM HAVERÁ TERCEIRA FORÇA EM ASSÚ

Só existe uma alternativa de um pleiteante a a um cargo de prefeito em Assú. Entrar no “olho do furacão” como opção única de mudança.

O histórico de opção como terceira força nunca emplacou na terra de Renato Caldas.

Cito alguns nomes para ilustrar o que digo: Zezinho André, Herval Tavares, Aurivan Lacerda, todos com um forte apelo popular que acabaram no ostracismo que a política impõe.

Luis Oliveira não gostou da matéria postada ontem no blog onde digo que coadjuvante não vai a lugar nenhum se não assumir a postura de oposição a quem estar no poder e procurar afastar o seu principal concorrente da disputa pelo seu objetivo.

Politico não preserva concorrente, busca o seu espaço.

Por mais que discordem da minha opinião, vejo como adversário do pleiteante  aquele que está mais próximo de me derrotar, se quero ser uma segunda via na disputa pelo poder.

Terceira força só ajuda a quem está no mandato, tirando votos do suposto segundo colocado.

Como tenho opinião e considero as divergentes,  e tenho o maior respeito pelo cidadão, Luis Oliveira, cujo caráter avalizo, pela sua vida, sua história e o seu sucesso e homem de palavra e compromisso, digo de cara, se for entrar no jogo entre como segunda força, jamais como terceira.

José Regis de Souza

REGIStrando

Publicidade:
Senhorinha