Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

NENHUMA DECEPÇÃO VAI ME TIRAR DA BRIGA

No limiar da minha vida terrena, sem querer fazer as vezes de vitimado, que foge todos os princípios da formação do meu caráter, quero abordar o comportamento de pessoas que dediquei uma boa parte do meu trabalho em função dos seu sucessos, independente de pleitear retorno considerável que me fizesse um homem de posses. Mesmo porque coisas para mim só têm importância quando usufruo e descarto sem o menor sentimento de perda.

Questionar esse tema em um blog que trata de política, deve parecer para o leitor um momento leviano de um cérebro cujas células estão em avançada perda de neurônios com poucas condições de poder de avaliação de quaisquer situação. Pode ser sintomático de perda da razão.

Em síntese, busco provocar em mim, onde que ao logo dos meus 63 anos, na maioria das vezes, com 22 anos de profissão, ajudando a eleger políticos, por vezes denegrindo adversários do meu preferido, tenha que terminar os meus dias na dependência de questões humilhantes para sobreviver, sem sequer uma aposentadoria, para preservar o futuro de uma companheira que cuida, respeita e enaltece o meu talento.

Sei que fui muito além do que um ser normal poderia discorrer sobre a sua vida, contudo, o amanhã não me pertence, nem promessa me convence.

Em suma, continuo sendo esse ser ignorado pelo poder, que briga todos os dias pela subsistência, inovando, com uma rádio própria no ar, com um programa de audiência sem concorrência, mas, debilitado e precisando descansar.

Apesar da convicção de que até o último fôlego, estarei opinando sobre o que acontece na política do país, estado e sobretudo da terra onde nasci.

José Regis de Souza

REGIStrando

Publicidade: