Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In

ASSÚ: Representantes do Executivo debatem com MPF melhor condição de atuação de catadores

Encontrar alternativas que possam otimizar a atividade que é desempenhada pelos catadores de material reciclável que garantem o sustento próprio e a subsistência das próprias famílias por meio de tal trabalho. Este foi o ponto central levado a debate numa audiência que envolveu uma comitiva da Prefeitura Municipal do Assú e o titular da representação do Ministério Público Federal-MPF na cidade, procurador federal Victor Queiroga. O encontro foi realizado na última quarta-feira, dia 27, na sede da unidade regional do MPF em Assú.

O Poder Público municipal se fez presente através dos secretários Jonaelson Medeiros (Meio Ambiente) e Luís Oliveira (Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia) e da adjunta Aparecida Dantas (Finanças). No contato com a delegação do Executivo o agente do MPF mostrou comungar da mesma preocupação levada à discussão. Um dos tópicos do diálogo abordou a hipótese de obtenção de recursos para assegurar suporte para que os catadores possam desempenhar suas funções de forma mais adequada.

Este aporte monetário possibilitaria à categoria adquirir Equipamentos de Proteção Individual-EPIs, dentre outros objetos para oferecer mais segurança. O amparo financeiro seria conseguido por intermédio dos entendimentos que envolvem as sanções financeiras decorrentes das decisões penais no âmbito do MPF, envolvendo as ações que possuem trâmite na área de jurisdição do órgão em Assú. “Foi um contato bastante proveitoso e que pode vir a sinalizar ações importantes para os catadores”, declarou a secretária Aparecida Dantas.

Imagem: Marcos Costa/Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Publicidade: