Resultado da Busca

CARNAUBAIS: MÉDICO DENUNCIA SECRETARIA DE SAÚDE DO MUNICÍPIO DE DISCRIMINAR SEUS PACIENTES

DR. THIAGO2

DR. THIAGO1

O médico do vizinho município de Carnaubais, Dr. Thiago Meira, nos ligou na manhã de hoje para denunciar a forma discriminatória com que os seus pacientes são tratados pela secretaria municipal de saúde.

O médico destaca que, Deusa da secretaria de saúde que é responsável pela marcação de exames falou a paciente (foto), que por motivo de ordens expressas do prefeito Junior Benevides e da secretária de saúde Sônia Nóbrega, nenhum exame era marcado e nenhuma medicação era dada a ninguém com o carimbo de Dr. Thiago Meira.

Entendemos que a denúncia elencada pelo Dr. Thiago Meira deva ser analisada pelas autoridades citadas e que essa decisão seja revista.

O blog se coloca a inteira disposição dos que foram mencionados na matéria para qualquer esclarecimento que porventura queiram fazer.

José Regis de Souza

REGIStrando

GOVERNO MANOBRA E ADIA DEPOIMENTO DE YOUSSEF NA CPI

alberto-youssef-by-veja

GOVERNISTAS TRANSFEREM DEPOIMENTO DE HOMEM-BOMBA PARA O DIA 29

Preocupado com o impacto de declarações de Alberto Youssef às vésperas das eleições, o governo conseguiu adiar o depoimento do doleiro na CPI que investiga a corrupção na Petrobras. Após intensa mobilização do Palácio do Planalto, o depoimento de Youssef deverá agora ser realizado na quarta-feira, dia 29, três dias depois do segundo turno da disputa presidencial.

“Para as investigações não há diferença entre chamá-lo para depor agora ou depois do segundo turno”, afirmou o presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB).

Na semana passada, Vital aventou a possibilidade de o depoimento de Youssef ocorrer nessa quarta, 22, dia em que a CPI ouvirá o atual diretor de Abastecimento da estatal, José Carlos Cosenza. O colegiado já havia aprovado um requerimento de convocação de Youssef e, pelo regimento do Congresso, cabe ao presidente da CPI marcar o dia do depoimento.

Emissários do Planalto passaram, então, a agir para evitar outra surpresa a poucos dias do segundo turno eleitoral. Capitaneada pelo PSDB, a oposição, por sua vez, chegou a irritar Vital, cobrando que o depoimento fosse marcado para amanhã.

O governo tem feito de tudo para evitar mais estragos na campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição. Desde que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa revelou um esquema de desvio de dinheiro na estatal, beneficiando políticos da base aliada, entre os quais o PT, o PMDB e o PP, a imagem da presidente sofreu abalos.

Partidos que apoiam a candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência querem explorar, na CPI da Petrobras, as recentes declarações de Costa e de Youssef. Aliado de Dilma, a quem tem ajudado na campanha em seu Estado, a Paraíba, Vital resiste a acatar as sugestões da oposição, sob o argumento de que a CPI não pode ficar “contaminada” pelo ambiente eleitoral.

Preso pela Operação Lava Jato, Youssef também fez acordo de delação premiada com o Ministério Público, a exemplo de Costa, e prometeu revelar tudo o que sabe em troca de redução de sua pena.

Depois de citar o tesoureiro do PT, João Vaccari, como o homem que recebia a propina dos contratos da Petrobras para o partido, Costa disse na delação premiada que a campanha da ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann recebeu, em 2010, ajuda de R$ 1 milhão, a pedido de Yousseff, como revelou o jornal O Estado de S. Paulo. À época, ela foi eleita para o Senado.

Tanto Gleise como Vaccari negam as acusações com veemência. “Não conheço Alberto Youssef nem Paulo Roberto Costa”, disse a senadora. “Diante de tantas acusações infundadas, o secretário de Finanças vai processar civil e criminalmente aqueles que têm investido contra sua honra e reputação”, afirmou o tesoureiro do PT, em nota oficial.

Vital afirmou que está encontrando dificuldades para marcar as audiências no período eleitoral, mas negou qualquer pressão do Planalto. Youssef está preso e, segundo o presidente da CPI da Petrobras, é preciso acertar muito bem a logística com a Polícia Federal e com a Justiça Federal do Paraná para que o doleiro viaje a Brasília.

Diário do Poder

PMDB E PR FAZEM REUNIÃO EM ASSÚ PARA O SEGUNDO TURNO

image (70)

Na noite desta segunda-feira (20), o PMDB e o PR de Assú fizeram uma grande reunião com mais de 300 lideranças, colaboradores, vereadores, o vice prefeito Eurimar Nóbrega e o deputado estadual George Soares na cidade do Assú.

A reunião serviu para organizar as mobilizações e visitas em Assú e zona rural, montando um planejamento estratégico para aumentar a votação de Henrique Alves no município.

Para o vice-prefeito Eurimar, o grupo tem que defender o nome de Henrique para o governo, pelas suas ações em favor do desenvolvimento da cidade.

O deputado George Soares defendeu a manutenção do apoio do seu grupo ao projeto de Henrique e João Maia, reforçando as ações junto ao PMDB.

“Precisamos de um governo parceiro para nosso mandato e esse governo será o de Henrique e João Maia. Quero pedir o empenho de todos os nossos amigos aqui nessa reunião para somarmos nossas forças e votarmos no 15, no próximo dia 26.” Finalizou o deputado George.

AGENTES FEDERAIS ENTRAM EM GREVE NA QUARTA-FEIRA

AçãoPF

Foto1

No RN paralisação segue decisão nacional

Em assembleias realizadas nos dias 16 e 17, milhares de policiais federais em todo o país decidiram paralisar suas atividades a partir da próxima quarta-feira (22). A greve de 72h – quarta, quinta e sexta – terá início com um ato na terça-feira (21), à noite, em frente ao SINPEFRN. Os grevistas reclamam das interferências e da falta de compromisso do atual governo.

Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), os agentes, escrivães e papiloscopistas federais se sentem desprestigiados, com salários congelados há seis anos, e reclamam da falta de compromisso do atual governo em relação ao termo de acordo que finalizou a última greve em 2012.

O estopim da greve é a recente Medida Provisória 657, que “atropelou” as tratativas junto ao Ministério do Planejamento. Ao restringir as chefias e o conceito de autoridade policial somente para o cargo de delegado, a medida cria uma hierarquia política nunca existente na PF, e retira a autoridade e autonomia técnica dos demais policiais envolvidos nas investigações.

Segundo Jones Borges Leal, presidente da Fenapef, “queremos uma polícia com chefes que mereçam os seus cargos pelo mérito e pela experiência. Somente com profissionalismo podemos evitar interferências nas investigações, garantir que todas as provas produzidas pelos agentes federais cheguem na justiça e impedir que ocorram vazamentos de informações sigilosas”.

De acordo com José Antônio Aquino, presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia federal do Rio Grande do Norte – SINPEFRN: “A Polícia Federal está sendo desvalorizada, pois são desperdiçados os recursos financeiros e humanos, enquanto a população precisa do combate ao crime organizado e corrupção. Nossa realidade em nosso Estado é a mesma que acontece em todo País, com agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal sofrendo com tudo isso”.

Num quadro considerado caótico pelas entidades sindicais, a cada ano mais de 250 agentes federais abandonam a carreira, o índice de doenças psíquicas é altíssimo, a queda no número de indiciamentos é comprovada, o aumento da violência e criminalidade no país é visível, e os problemas de gestão das polícias são piorados por chefias que são escolhidas por critérios políticos.

G7 Comunicação  2010.2816

Gustavo Farache 

 

LIDERANÇAS CONFIRMA APOIO AO PRESIDENCIÁVEL AÉCIO NEVES

LA1

LA2

LA3

LA4

LA5

Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças do Rio Grande do Norte se reuniram na manhã da segunda-feira (20), no Hotel Arituba, em Natal para manifestar apoio ao candidato à presidência da República, Aécio Neves.

O deputado federal Felipe Maia, presente ao encontro, comentou da onda de mudança que tem tomado os lugares por onde tem passado. “Tenho visto a população sair às ruas voluntariamente com bandeiras e vestindo as cores da bandeira nacional. Isso é um recado do povo que está farto dos quase 40 ministérios e dos mais de 20 mil cargos comissionados do atual governo. O brasileiro quer dias melhores e isso será possível com Aécio presidente e Henrique governador do nosso estado. Aécio será um grande parceiro de Henrique e do Rio Grande do Norte”, enfatizou o parlamentar.

Também participaram do evento o coordenador-geral da campanha do presidenciável, senador José Agripino, o suplente de senador Valério Marinho, o deputado federal eleito Rogério Marinho e os deputados estaduais José Adécio, George Soares, Tomba Farias e Gustavo Fernandes.

Assessoria de Comunicação:

FÁTIMA PERCORRE QUINZE CIDADES EM CAMPANHA PARA DILMA E ROBINSON

FB1
FB2
FB3
A senadora eleita Fátima Bezerra (PT) cumpriu uma extensa agenda neste final de semana que contou com atividades de campanha em quinze cidades do RN. Ao lado do candidato a vice-governador Fábio Dantas e de apoiadores das cidades visitadas, a petista conclamou para que todos somem esforços nessa reta final de campanha em prol da reeleição da presidenta Dilma e da eleição de Robinson para o governo do RN.
A agenda do primeiro dia começou com caravana em Bom Jesus e seguiu para Santa Cruz, Currais Novos, São José do Seridó e, por fim, uma grande carreata em Caicó que contou com a presença do candidato a governador Robinson Faria. Já no sábado (18), Fátima esteve em Alexandria, Antônio Martins, Almino Afonso, Rafael Godeiro, Frutuoso Gomes, Patu, Janduís, Campo Grande e Upanema. A caravana de Fátima se encontrou com a de Robinson em Assú, ocasião em que foi realizada uma passeata que arrastou milhares de pessoas pelas ruas da cidade.

 

MISTURA DO DR. IVAN EM ASSÚ PODERÁ COMPROMETER A REELEIÇÃO DE RICARDO MOTTA PARA A PRESIDÊNCIA DA ASSEMBLEIA

SAMSUNG CSC

O angú feito na panela do Dr. Ivan Júnior, prefeito de Assú, com o respaldo eleitoral dos municípios do estado, vai comprometer o projeto do seu “primo” Ricardo Motta em continuar reinando absoluto na casa legislativa do estado.

A se confirmar os números da pesquisa Ibope, o atual presidente da assembleia legislativa do estado, deverá perder o cargo que hoje exerce para um aliado de Robinson Faria.

O grupo político que apoia o projeto de Robinson elegeu seis deputados e está na iminência de conquistar mais dois.

Se prevalecer uma tendência de crescimento do vice-governador Robinson Faria nas pesquisas eleitorais, é provável que esse número seja ampliado até o domingo (26).

Terminado o pleito com dez deputados na base aliada, vencendo as eleições, o governo terá poder de fogo para conquistar os três votos restantes para eleger um presidente que dê sustentação política ao seu governo.

Apesar de admitir que essa análise está recorrendo a hipotética vitória de Robinson, acredito que deva ser considerada.

José Regis de Souza

REGIStrando

JOÃO MAIA EM ACARI: “PENSEM NA IMPORTÂNCIA DO SERIDÓ TER UM VICE-GOVERNADOR QUE VAI GOVERNAR JUNTO COM HENRIQUE”

DSC_2994

Acari

Na tarde deste domingo (19) em Acari, o candidato a vice de Henrique, deputado João Maia (PR) aproveitou o discurso para agradecer a recepção calorosa que vem tendo ao longo desta campanha dos aliados do prefeito Isaias Cabral (PMDB), mesmo tendo feito várias campanhas passadas contra o sistema que hoje lhe apoia na cidade. “Isaias tinha todas as razões para dizer a Henrique que não me queria aqui, porque fui seu adversário. Mas vocês foram de uma generosidade imensa, porque a resposta foi que sou bem vindo porque sou do Seridó. Eu não encontrei a grandeza no meu povo, que resolveu votar contra o presidente do partido dele, resolveu votar num candidato que não tem um serviço prestado no Seridó. A generosidade encontrei nesse palanque, de gente que pensa no Seridó, que pensa no Rio Grande do Norte e que está pensando no futuro das nossas crianças”, destacou.

Ao final, João Maia ainda fez um apelo para os seus aliados. “Eu não sou homem de ressentimentos, quero dizer que aqueles que foram meus companheiros de verdade, que me trouxeram tantas e tantas vezes a Acari, reflita, pense na importância do Seridó ter um vice-governador que vai governar junto com Henrique. Não pense em coisas pequenas, em pequenas magoas. Eleição a gente ganha e perde, mas o homem público de verdade pensa no futuro e não no passado. Nós não estamos fazendo eleição municipal, e nos unimos para recuperar o Estado”, finalizou.

G7 Comunicação 

Gustavo Farache

 

GRUPO COESO QUE APOIOU ROBINSON NO PRIMEIRO TURNO EM ASSÚ TERÁ AGORA IVAN JÚNIOR COMO INTERLOCUTOR

ASS (4)

O vice-governador Robinson Faria teve a sorte de contar no primeiro turno com um grupo de pessoas que sem simulação vestiram a camisa do candidato ao governo do estado.

Enquanto essas lideranças suavam trabalhando o projeto de Robinson, o prefeito Ivan Júnior esbravejava em praça pública que Henrique era o melhor nome para o Assú.

O Dr. Ivan por ser eleitor e “pseudo” amigo de Fábio Faria, segundo Henrique, levava informações privilegiadas ao deputado e discutia fórmulas de como derrotá-lo.

Nos dias que antecederam a divulgação da pesquisa do ibope, o Dr. Ivan, já ciente dos números de pesquisa “espelho”, tomou a decisão de envergonhar a terra que administra e aderiu sem nem um pudor ao projeto político de Robinson Faria, querendo apagar da memória do assuense as palavras elogiosas que tecia ao candidato Henrique Alves, cuja campanha coordenou no primeiro turno.

O “aborto” do Dr. Ivan ao chegar na nova casa, poderá criar situações conflituosas com o grupo unido que deu uma grande votação a Robinson no primeiro turno, sendo o mais votado no município.

É sabido em Assú que o Dr. Ivan, hoje, já não goza do prestígio popular de antes e poderá causar um prejuízo eleitoral significativo ao candidato Robinson e acima de tudo criar problemas no grupo coeso que representou o nome do vice-governador nas eleições do dia 5 de outubro.

José Regis de Souza

REGIStrando

IBOPE REGISTRA PESQUISA PARA SER DIVULGADA NO RN NA PRÓXIMA SEXTA-FEIRA

ibope

O Ibope registrou mais uma pesquisa eleitoral para ser divulgada sobre o pleito do Rio Grande do Norte. Com o número 046/2014, os números do Ibope serão publicados na sexta-feira, a 48 horas do pleito.

A pesquisa foi encomendada pela InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo, e custou 50.327,76 .

Serão feitas 812 entrevistas, que começaram ontem e serão concluídas na mesma sexta-feira.

Panorama Político