Loading Player...


Você está ouvindo uma transmissão ao vivo ...
OUÇA EM OUTROS DISPOSITIVOS:
OR Choose your mobile to Tune-In
Arquivo de outubro de 2017

Em parceria com a EMATER, Prefeitura fomenta a prática da piscicultura em Ipanguaçu

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Aconteceu na manhã desta segunda-feira, 30 de Outubro, no Assentamento Olho D’água, zona rural do município de Ipanguaçu, o ato de povoamento dos tanques de criação de tilápia. Projeto desenvolvido através da parceria estabelecida entre gestão municipal e EMATER, por meio do Prefeito Valderedo Bertoldo e Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente.

Vale ressaltar que, além da entrega de cerca de 8.000 (oito mil) alevinos aos produtores contemplados, a Prefeitura mantém todo um trabalho de assistencialismo, desde a escavação das Unidades Tecnológicas Demonstrativas (UTDs), até o trabalho de distribuição de ração e acompanhamento técnico, realizado também em parceria com a EMATER.

O prefeito Valderedo ressaltou a importância desta parceria entre Gestão municipal e EMATER, enfatizando o comprometimento em buscar desenvolver políticas públicas em favor do agricultor familiar, destacando que assim como esta ação, outras também serão brevemente implantadas visando proporcionará aos produtores mais possibilidades de produção e renda no campo.

Realizando a cobertura do evento esteve a equipe composta pelo repórter Hugo Andrade e o cinegrafista Almir, do programa Inter TV Rural, da Inter TV Costa Branca, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Norte. De acordo com o repórter Hugo, a matéria irá ao ar neste domingo, 04 de Novembro.

O momento contou com a presença do prefeito Valderedo Bertoldo, do vice-prefeito Thales Marinho, secretários e demais servidores municipais, vereadores, representantes da EMATER e agricultores contemplados com o projeto.

Fonte/Fotos: Assessoria de Comunicação

Assembleia Legislativa vai a Macau e discute violência doméstica contra a mulher

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Dando continuidade à agenda de audiências públicas da Frente Parlamentar da Mulher pelo interior do Rio Grande do Norte, após percorrer a cidade de Assu, a Assembleia Legislativa promoveu novo debate nesta segunda-feira (30), desta vez no município de Macau. A audiência, proposta pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB), discutiu a implantação de políticas públicas voltadas à defesa da mulher vítima de violência doméstica, oportunidade em que a Câmara de Vereadores local lançou a Frente Parlamentar Municipal em Defesa da Mulher Macauense.

“Estamos aqui tentando sensibilizar e conscientizar todos da necessidade de lutar pela dignidade das mulheres. Precisamos semear uma nova cultura de paz no RN e ela passa, impreterivelmente, pela igualdade de gênero, pela paz nos lares das famílias de Macau”, destacou Cristiane.

A deputada lembrou a instalação da Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa, em agosto, e reforçou a importância do grupo para a efetividade de políticas públicas em defesa dessa parcela da população. “A Frente é um instrumento de empoderamento e luta pela autonomia econômica das mulheres potiguares, autonomia essa que implica em ações que articulem as diferentes esferas do poder público. E nessa luta é importante reunirmos força com vários setores e segmentos da sociedade. Por isso mesmo, aqui estamos para reunir forças em Macau na luta contra a violência doméstica”, argumentou Cristiane Dantas.

Na oportunidade, a deputada defendeu a ampliação do projeto governamental ‘Maria da Penha Vai às Escolas’, além de ações eficazes no acolhimento das mulheres vítimas de violência, como a ‘Sala Lilás’, já existente no município. “Aproveito para cobrar da Prefeitura Municipal o efetivo funcionamento da Sala Lilás, inaugurada este ano, como também a criação de uma coordenadoria municipal de políticas para as mulheres. Iniciativas assim devem ser disseminadas, principalmente nas comunidades mais afastadas que carecem desse tipo de proteção para mulheres. A rede de assistência do município deve estar fortalecida para combater os casos de violência doméstica em cumprimento ao que determina a Lei Maria da Penha”, declarou Cristiane.

Presente no debate, a secretária estadual de Políticas Públicas para as Mulheres, Flávia Lisboa, anunciou termo de cooperação com a Prefeitura Municipal visando à implantação do projeto ‘Maria da Penha Vai às Escolas’ na rede pública de ensino da cidade. “Esse projeto busca educar os nossos jovens para prevenir e coibir a violência contra a mulher, promovendo e divulgando a Lei Maria da Penha no âmbito escolar”, explicou a secretária.

Representando a Defensoria Pública do Estado, a coordenadora do Núcleo da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, Anna Lúcia Raymundo, defendeu a necessidade de uma mudança de cultura da sociedade para que se possa combater e exterminar a violência doméstica. “Salvem as mulheres de Macau. Tirem as mordaças de suas bocas. Que elas falem e nunca se calem!”, clamou a defensora pública.

Responsável pela Frente Parlamentar Municipal em Defesa da Mulher, instalada durante o evento, a vereadora Conceição Lins (PSD) reforçou o papel do fórum criado. “A Frente precisa da colaboração de todos para mudarmos a realidade em que vivemos no tocante aos direitos da mulher em situação de risco. O fórum não medirá esforços para atingir seus objetivos”, afirmou a vereadora.

Também presente na audiência pública, o deputado Souza (PHS) enalteceu a atuação de Cristiane Dantas em favor dos direitos das mulheres e reforçou a necessidade do engajamento feminino para a implementação de políticas voltadas à mulher. “É fundamental que as mulheres se envolvam cada vez mais nessa luta em defesa de seus direitos”, falou o parlamentar.

A secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social de Macau, Andrea Lemos, discorreu sobre as ações que vêm sendo desenvolvidas pela pasta e defendeu a necessidade de maior colaboração entre entes para a efetivação da Sala Lilás. “A sala existe, mas ainda é preciso somar esforços para de fato efetivarmos o acolhimento à mulher vítima de violência na Sala Lilás”, comentou, anunciando que irá buscar alternativas para suprir o atendimento diante do impasse envolvendo o pleno funcionamento da Sala.

A audiência pública contou com a presença de vereadores, gestores e profissionais das áreas jurídicas, de saúde, educação, assistência social e segurança pública, além da sociedade civil.

ALRN

Vice-prefeita Sandra Alves reafirma compromissos da gestão em prol das mulheres

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Representando a administração municipal do Assú na Audiência Pública realizada na manhã desta segunda-feira, dia 30, na Câmara de Vereadores da cidade, proposta pela deputada Cristiane Dantas, oportunidade em que se debateu a preocupante estatística de agressões contra a mulher em todo o estado, a vice-prefeita Sandra Alves reiterou a postura do Poder Executivo de unir-se à corrente contrária a esta espécie de violência, declarando com clareza que a Prefeitura do Assú está pronta para agregar-se às ações de prevenção e combate a estes crimes.

“A nossa gestão tem um claro compromisso com a valorização da mulher, prova disto são as várias companheiras que ocupam posições de destaque na administração e, além disso, nossa plataforma de trabalho tem foco nesta questão, garantindo parceria a todas as iniciativas que venham para coibir todo tipo de delito que tenha a mulher como vítima”, registrou Sandra Alves que, na ocasião, representou o prefeito Gustavo Soares e integrou a mesa dos trabalhos. “Quero enfatizar que esta atitude tem todo o aval de Dr. Gustavo”, complementou a vice-prefeita municipal.

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Solenidade na Assembleia Legislativa marca 500 anos da Reforma Protestante

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Em alusão à passagem dos 500 anos da Reforma Protestante, o deputado estadual Jacó Jácome (PSD) promoveu, nesta segunda-feira (30), uma sessão solene ressaltando as consequências do movimento e homenageando pastores do Rio Grande do Norte. A data também é tema de exposição que acontece na sede do legislativo estadual até esta terça-feira (30).

“Ressaltamos que este movimento tem um significado não apenas religioso. Os reformadores lançaram as bases para uma nova sociedade, empoderando cristãos a se especializarem nos dons que tinham para servir. A Reforma também foi marcante para a Educação, pois incentivou a criação de escolas para toda a população”, discursou o parlamentar durante a solenidade.

Foram homenageados os pastores Antonio de Araújo Targino, Júlio Augusto Barreto Neto, José Romeu da Silva, Álvaro da Silva Barros, Kleber Nobre de Queiroz, Martim Alves da Silva, Mizael Dantas da Silva, Edinaldo Gilmar Rodrigues Melo, Manoel Alencar da Silva, Airton Scheunemann Schroeder e Alex Alves dos Santos.

Em nome de todos eles, o pastor Edinaldo Melo agradeceu a homenagem e pontuou a importância da Reforma. “O movimento despertou pessoas para um cristianismo mais autêntico, permitiu um maior envolvimento delas nas suas comunidades, instituiu uma nova ética no trabalho e contribuiu para o surgimento das instituições democráticas”, comentou. O pastor Antônio Targino também comentou, na tribuna, o valor histórico e religioso da Reforma.

O deputado federal Antônio Jácome (Podemos) representou a Câmara dos Deputados na sessão solene e ressaltou a relevância da sua realização: “Esse momento ficará eternizado na história do Estado. Ao abrir as portas do Palácio José Augusto para receber uma solenidade como essa, a Assembleia Legislativa reconhece e resgata a nossa cultura e história”.

Jacó Jácome também destacou, na sessão solene, a “Expo Reforma”, exposição alusiva aos 500 anos da Reforma, que segue até esta terça-feira (31) no Salão Nobre da Casa, por iniciativa do mandato do parlamentar e com entrada gratuita. A solenidade ainda foi marcada pela exibição de documentário produzido pela TV Assembleia e prestigiada pelos deputados estaduais Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PMDB).

ALRN

Prefeito Gustavo Soares inspeciona limpeza e manutenção dos cemitérios

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Acompanhado do secretário executivo de Infraestrutura Nuilson Pinto, e outros auxiliares, o prefeito Gustavo Montenegro Soares inicia sua agenda nesta terça-feira, dia 31, vistoriando pessoalmente o serviço de limpeza e manutenção dos cemitérios do município, preparados para a tradicional visitação pública por ocasião do feriado nacional do Dia de Finados, nesta próxima quinta-feira, dia 2 de novembro. A intenção do chefe do Executivo é ver de perto o trabalho que foi executado pelas secretarias de Serviços Públicos e Obras Públicos.

A atuação das duas secretarias se verificou tanto interna quanto externamente em todos os cemitérios públicos do município. A atividade compreendeu os cemitérios sob a responsabilidade da Prefeitura, tanto os da sede urbana – São João Batista e São Vicente de Paula – como os localizados nas comunidades rurais de Linda Flor, Santo Antônio, Bela Vista Piató, Trapiá e Nova Esperança. Nesta segunda-feira, dia 30, ocorreu a limpeza do local onde existem alguns túmulos na comunidade rural de Comboeiro.

Imagens: Alex Silva/Assessoria

Prefeitura Municipal do Assú

Secretaria de Comunicação e Ouvidoria

Assembleia Legislativa promove debate sobre violência contra mulher em AssÚ

Postado por José Regis Souza em 31/out/2017 - Sem Comentários

Os alarmantes índices de violência doméstica contra a mulher no Rio Grande do Norte foram tema de audiência pública promovida pela Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira (30), no município de Assu. O debate, proposto pela deputada Cristiane Dantas (PCdoB), reuniu representantes políticos da região e de entidades ligadas à temática. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores, oportunidade em que o legislativo municipal lançou a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher Assuense.

“O que nos motiva estar aqui hoje é um dado preocupante de que 70% dos inquéritos abertos na Delegacia de Assú são de casos de violência doméstica e que na maioria desses casos, os maridos, companheiros e namorados são os responsáveis pelas agressões contra as mulheres assuenses. Esta, infelizmente, não é uma realidade apenas de Assu, mas de todo RN, que ainda se apresenta como o quinto estado brasileiro no ranking de violência doméstica. Aqui também é assustador o crescimento dos casos de estupro”, disse Cristiane Dantas.

A deputada lembrou a instalação da Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa, no mês de agosto, e reforçou a importância da colaboração entre entidades para a efetividade de políticas públicas em defesa da mulher. “Trata-se de um fórum democrático e permanente de debates e também de ações concretas para fazer valer os direitos das mulheres, principalmente, as mulheres de periferia, as mulheres negras e as mulheres da zona rural. São elas que mais sofrem com a falta de oportunidades, com a discriminação e com a violência doméstica e sexual”, destacou a deputada, que preside a Frente da Mulher na Casa Legislativa.

Durante a audiência, a parlamentar anunciou pleito encaminhado à Secretaria Estadual de Segurança Pública solicitando a realização de curso de capacitação com os agentes de segurança pública de Assu, policiais civis e militares, “para que estejam cada vez mais preparados para atender as ocorrências de violência doméstica no município, como preconiza a Lei Maria da Penha”. Requereu também, à secretária de Políticas Públicas das Mulheres, Flávia Lisboa, que realize ações de prevenção da violência doméstica nas escolas do município, através do projeto “Maria da Penha Vai às Escolas”, além da criação de uma Sala Lilás, espaço de acolhimento para as mulheres vítimas de violência na cidade.

Presente no debate, a secretária estadual Flávia Lisboa assegurou atendimento aos pleitos da deputada e anunciou a implantação de uma OPM no município, apresentando também dados sobre a violência doméstica no RN. “As OPMs são os órgãos municipais que irão gerir e efetivar todas as políticas públicas em favor da mulher. Por isso estamos percorrendo os 167 municípios potiguares com o objetivo de sensibilizar os gestores para a importância da criação dessas unidades”, declarou Flávia Lisboa.

Representando a Defensoria Pública do Estado, a coordenadora do Núcleo da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, Anna Lúcia Raymundo, defendeu a necessidade de uma mudança de cultura da sociedade para que se possa combater e exterminar a violência doméstica. “A violência contra a mulher é uma grave violação aos Direitos Humanos que ocorre principalmente no interior do lar”, explicou a defensora pública.

Responsável pela Frente Parlamentar Municipal em Defesa da Mulher, instalada durante o evento, a vereadora Delkiza Cavalcante (PSDC) reforçou o papel do fórum criado. “Que seja um espaço para deliberações e ações concretas em defesa da mulher assuense”, observou. A vice-prefeita de Assu, Sandra Regina (PMDB), declarou o apoio da Prefeitura em favor das ações voltadas às mulheres da cidade. “Estamos à disposição para sermos um grande parceiro”, comentou.

A audiência pública contou com a presença de vereadores, gestores e profissionais das áreas jurídicas, de saúde, educação, assistência social e segurança pública, além de estudantes e sociedade civil. Seguindo a agenda prevista pela Frente Parlamentar da Mulher na Assembleia Legislativa, uma nova audiência pública acontece na tarde desta segunda-feira, às 14h30, na Câmara Municipal de Macau.

ALRN

ASSÚ: PRESIDENTE DA CÂMARA ALEGA COMPADRIO DO SISTEMA PARA SE Manter no poder

Postado por José Regis Souza em 30/out/2017 - Sem Comentários

Dito em alpendres e gabinetes o vereador presidente da câmara municipal de Assú garante que tem o apoio da cúpula liderada pelo deputado George Soares para permanecer por mais dois anos no comando do legislativo assuense.

A fonte, perdão, diria, as fontes que me passaram a informação, nem pediram sigilo.

Apesar de ter contato fácil com as lideranças que acompanho nunca tratei do assunto, nem o farei. Respeito a opinião do grupo mesmo discordando, mas farei oposição sem limites.

O segundo ciclo do mandato do Dr. Gustavo carece de decisão judicial e exige de um (a) presidente da câmara com o perfil do doutor. O que foge em tudo nas propostas do eleitor que encampou a ideia de “Gente cuidando de Gente”.

Tomara que eleitores como eu que passam por dificuldades para defender um projeto para o Assú não tenham que sofrer um retrocesso de dimensões inimagináveis.

José Regis de Souza

REGIStrando

Propositura da vereadora Delkiza Cavalcante criou a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher Assuense

Postado por José Regis Souza em 30/out/2017 - Sem Comentários

A mulher assuense ganhou um importante aliado em favor da defesa de seus direitos: a Frente Parlamentar em Defesa da Mulher, lançada nesta segunda-feira (30), no plenário João Marcolino de Vasconcelos, da Câmara Municipal do Assú, por iniciativa do mandato da vereadora Delkiza Cavalcante (PSDC).

O lançamento ocorreu dentro de uma parceria com a deputada estadual Cristiane Dantas (PCdoB), presidente da Frente Estadual da Mulher, que propôs para o momento a realização de uma audiência pública com o tema “Frente Parlamentar da Mulher e o Combate à Violência Doméstica”.

O debate destacou os alarmantes índices de violência doméstica contra a mulher no Rio Grande do Norte e, particularmente, no contexto do município do Assú.

“O que nos motiva estar em Assú é um dado preocupante de que 70% dos inquéritos abertos na Delegacia de Assú são de casos de violência doméstica e que na maioria desses casos, os maridos, companheiros e namorados são os responsáveis pelas agressões contra as mulheres assuenses. Esta, infelizmente, não é uma realidade apenas de Assu, mas de todo RN, que ainda se apresenta como o quinto estado brasileiro no ranking de violência doméstica. Aqui também é assustador o crescimento dos casos de estupro”, disse Cristiane Dantas, que preside a Frente da Mulher na Casa Legislativa.

Responsável pela Frente Parlamentar em Defesa da Mulher de Assú, instalada durante o evento, a vereadora Delkiza Cavalcante reforçou o papel do fórum criado. “O espaço terá como objetivo fortalecer a luta pelos direitos da mulher através da união de esforços de órgãos públicos, entidades e movimentos sociais para a execução de políticas públicas que tenha a mulher como principal beneficiada”, observou.

Durante a audiência, a deputada Cirstiane Dantas e a vereadora Delkiza Cavalcante encaminharam à Secretaria Estadual de Segurança Pública solicitação da realização de curso de capacitação com os agentes de segurança pública de Assú, policiais civis e militares, “para que estejam cada vez mais preparados para atender as ocorrências de violência doméstica no município, como preconiza a Lei Maria da Penha”. E, ainda, requereram à secretária de Políticas Públicas das Mulheres, Flávia Lisboa, que realize ações de prevenção da violência doméstica nas escolas do município, através do projeto “Maria da Penha Vai às Escolas”.

Presente no debate, a secretária estadual de Políticas Públicas das Mulheres, Flávia Lisboa assegurou atendimento aos pleitos e anunciou a implantação de uma OPM –  canal governamentais de promoção de políticas para as mulheres nos municípios, além da criação de uma Sala Lilás, espaço de acolhimento para as mulheres vítimas de violência na cidade.

Representando a Defensoria Pública do Estado, a coordenadora do Núcleo da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar, Anna Lúcia Raymundo, defendeu a necessidade de uma mudança de cultura da sociedade para que se possa combater e exterminar a violência doméstica. A vice-prefeita de Assu, Sandra Regina (PMDB), declarou o apoio da Prefeitura em favor das ações voltadas às mulheres da cidade. “Estamos à disposição para sermos um parceiro”, comentou.

A audiência pública reuniu a população em geral e profissionais das áreas jurídicas, de segurança pública, de saúde, de assistência social e rede de ensino que atuam no município.

A Frente Parlamentar em Defesa da Mulher de Assú foi constituída a partir da Resolução nº 05/2017, de autoria da vereadora Delkiza Cavalcante.

AD Comunicação Integrada
Jornalista
Alderi Dantas

FÓRUM DO EMPREENDEDOR ASSUENSE ACONTECE NESTA QUARTA-FEIRA (01)

Postado por José Regis Souza em 30/out/2017 - Sem Comentários

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Luís Oliveira, através dos que fazem a  “Sala do Empreendedor”, convida o empresariado local e interessados  para participar de um fórum diferenciado, onde pequenos empreendedores palestram sobre o sucesso obtido nas suas respectivas áreas de trabalho.

Segundo Luis, o resultado da reunião pode gerar recursos para financiamentos, já previamente aprovados por instituições bancárias.

Pequenos empresários vencedores serão os palestrantes do evento que certamente vão servir como exemplo para os interlocutores.

José Regis de Souza

REGIStrando

ASSÚ: FORÇA FEMININA NA CASA LEGISLATIVA SURFA EM POPULARIDADE

Postado por José Regis Souza em 30/out/2017 - Sem Comentários

Sem querer ser rotulado como feminista acredito que em Assú chegou o momento de uma vereadora presidir a casa legislativa do município.

Vejo diuturnamente na mídia e nas redes sociais os nomes de Elizângela Albano, Fabielle Bezerra, Delkiza Cavalcante e até Beatriz Rodrigues, cuidando dos seus mandatos, como também o fazem os vereadores que nos representam.

Reconheço que por decisão do atual presidente, na sua lógica tresloucada de eximir os meios de informação do orçamento da casa, o que demonstra atraso em um estagio onde a comunicação rege todo o sistema de informação prejudique os seus pares e que os defensores dos seus cargos eletivos tenham que caminhar com os seus recursos.

A maioria da casa vai ter que repensar em uma sucessão menos agressiva e mais próxima de uma realidade politica que vai mudar.

Não quero crer que as senhoras vereadoras abdiquem do seu direito de demonstrar que o poder possa e deva permanecer num passado cujo presente já aboliu.

José Regis de Souza

REGIStrando