ALTO DO RODRIGUES: PREFEITO PERCORRE O MUNICÍPIO PARA APRESENTAR SEUS CANDIDATOS E FAZÊ-LOS MAIS VOTADOS

mobiliza_o

O pentacampeão Abelardo é articulador nato e está confiante que o povo mais uma vez atenderá seu pedido nessas eleições.

Ele trabalha para fazer Henrique Alves governador, Vilma senadora, Felipe Maia federal e Ricardo Motta estadual, dobradinha de amigos, campeões nas urnas do município.

Abelardo sabe que cada eleição é uma história, mas suas posições politicas são claras e como sempre está na linha de frente, de bairro em bairro, de casa a casa pedindo voto para seus candidatos.

Postado por Toni Martins 

Publicidade:
Churrascaria O Barandão

WILMA CONCENTRA AGENDA EM NATAL NA RETA FINAL

IMG_2607

IMG_2609

A candidata ao Senado, Wilma de Faria, prioriza eventos na Grande Natal nesta reta final de campanha. Nesta terça-feira (30), durante manhã, tarde e início da noite, ela participou de arrastões por vários bairros da zona Norte, além de reunião na Cidade da Esperança, zona oeste da capital.

A ex-governadora passou hoje pela manhã por Igapó e Panatis. Já à tarde, foi ao Santa Catarina, Soledades I e II, Santarém, Nova República, Brasil Novo e Parque das Dunas, ao lado dos vereadores Júlia arruda e Felipe Alves.

“Peço que nos apóiem e possamos ajudar o prefeito Carlos Eduardo e o futuro governador Henrique Alves. Podem ter certeza que vou trazer emendas para que Natal melhore cada vez mais e nosso estado tenha uma segurança pública de verdade. Vamos fazer muito mais, se Deus quiser”, disse nos comícios-relâmpago.

Já na reunião dos amigos do vereador Aroldo Alves, na zona Oeste, com participações dos candidatos a deputado federal, Rogério Marinho, e a deputado estadual, Gustavo Fernandes, a Wilma enfatizou sua expectativa no natalense para que possa vencer a eleição no próximo domingo.

“Estamos a cinco dias da eleição e nossa situação é boa. Falta só do trabalho de cada um de vocês para a nossa vitória ser mais bonita. Trabalhei e fiz obras importantes. Fui prefeita aprovada por Natal e foi Natal quem que me fez governadora e sempre esteve. É essa Natal que me entreguei de corpo e alma que espero contar para ser senadora”.

O vereador está confiante: “A senhora será a senadora do Rio Grande do Norte. A candidata dos mensaleiros e do escândalo da Petrobras diz que está na frente, mas a verdadeira pesquisa é a presença do povo. Wilma será nossa representante no Senado e eu digo isso com muita certeza”.

Publicidade:
Leila Cabeleireira

IBOPE: MARINA EMBOLA COM AÉCIO; DILMA AMPLIA VANTAGEM

Dilma-Rousseff-Marina-Silva-Aecio-Neves-copy

IBOPE APONTA QUEDA DE 4% DE MARINA SILVA; DILMA LIDERA E AÉCIO SE MANTÉM

São Paulo – Em uma semana, a presidente Dilma Rousseff (PT) ampliou de 9 para 14 pontos porcentuais sua diferença em relação a Marina Silva (PSB), que está menos distante de Aécio Neves (PSDB), segundo a mais recente pesquisa Ibope/Estadão/TVGlobo. No 2.º turno, Dilma aparece numericamente à frente da principal adversária, mas ainda no limite de margem de erro (42% a 38%).

Apesar de Aécio não ter reagido – o tucano manteve os 19% do levantamento anterior -, o cenário de 2.º turno permanece indefinido, por causa da contínua redução do eleitorado de Marina. As curvas dos dois candidatos ainda podem se encontrar até as eleições. Em um eventual 2.º turno entre a atual presidente e o tucano, ela seria a favorita: venceria por 45% a 35% se a eleição fosse hoje.

Na simulação de 1.º turno, a pesquisa mostra que Dilma tem hoje 39% das intenções de voto, um ponto porcentual a mais que na semana anterior. Marina caiu quatro pontos, de 29% para 25%, e agora está a seis pontos de Aécio.

Na série do Ibope, a candidata do PSB apresentou tendência de queda nos últimos cinco levantamentos – desde o início de setembro, ela perdeu oito pontos porcentuais, ou um quinto de seu eleitorado.

No mesmo período, Dilma oscilou dentro da margem de erro, entre 37% e 39%. Já Aécio subiu de 14% para 19% na metade de setembro e manteve-se no mesmo patamar desde então.

Levando-se em conta apenas os votos válidos – excluídos os nulos, brancos e eleitores indecisos -, o placar é de 45%, 29% e 22% para os candidatos do PT, do PSB e do PSDB, respectivamente.

Nos votos válidos, a vantagem de Dilma em relação a Marina subiu de 10 para 16 pontos em uma semana. Já a distância entre a candidata do PSB para o tucano caiu de 11 para 7 pontos.

O Ibope ouviu 3.010 eleitores entre os dias 27 e 29 de setembro. A margem de erro estimada é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% – isso quer dizer que, em cada 100 levantamentos com a mesma metodologia, 95 apresentarão resultados dentro da margem de erro esperada. O registro no Tribunal Superior Eleitoral foi feito sob o protocolo BR-00909/2014. (AE)

Publicidade:
Apice

FÁTIMA QUER LEVAR ESCOLA TÉCNICA PARA TOUROS

IMG_5164

Após caminhar pela feira livre de Touros nesta terça-feira (30), a deputada Fátima Bezerra disse que, eleita senadora, pretende lutar para viabilizar uma escola técnica para a cidade. O prefeito Ney Leite, o ex-prefeito Heriberto e o candidato a deputado estadual Jubenick acompanharam o discurso junto com a população e outras lideranças locais.

“Assim como realizei o sonho de João Câmara, Ceará-Mirim e tantas outras cidades, vou realizar o sonho de Touros, São Miguel do Gostoso e Rio do Fogo trazendo uma escola técnica para cá”, disse Fátima.

Fotos: Rayane Mainara

Assessoria de Imprensa
Candidata ao Senado Fátima Bezerra – PT/RN

 

Publicidade:
Pedrinho Eletromoveis

ROBÉRIO PAULINO PARTICIPA DE DEBATE NA INTERTV CABUGI

robério - globo

Robério Paulino participou na noite desta terça (30) do último debate promovido por emissoras de televisão que ocorreu na InterTV Cabugi afiliado a Rede Globo. O candidato ao Governo do Estado pelo PSOL chegou a emissora acompanhado de militantes de seu partido, apoiadores e coordenação de campanha.

O debate que foi dividido em três blocos se estendeu até pouco depois da meia noite e o governadorável Robério Paulino aliou a critica aos candidatos das oligarquias locais ao conjunto de propostas de seu Programa de Governo nas diversas áreas como turismo, desenvolvimento econômico e a meio-ambiente.

Nas considerações finais Paulino fez uma convocação aqueles que já definiram o voto no PSOL e pediu que cada eleitor converse com seus amigos e familiares para a conquista do segundo turno. “Vamos para o segundo turno” – finalizou Robério.

O caos no Rio Grande do Norte

Robério foi o primeiro a perguntar e tratou de endereçar a pergunta para o candidato Henrique Alves (PMDB). Paulino pintou a situação do Estado com “educação e saúde falidas” e indagou qual a contribuição do deputado para essa situação de caos no Estado. Na replica o candidato do PSOL foi enfático: “É um insulto a inteligência do Rio Grande do Norte você [Henrique] que fez parte de todos os desastrosos governos se dizer mudança” – pontuou.

Pesquisas

Robério respondeu a Robinson Faria (PSD) sobre as pesquisas e citou a campanha de 1992 quando Henrique Alves perdeu a eleição pra Aldo Tinoco. “Ele perdeu em 1992 e vai perder novamente nesta eleição de 2014” – falou.

Servidores

Robério indagou Robinson Faria (PSD) sobre a questão dos servidores. Na replica criticou o candidato que é vice-governador da gestão Rosalba e disse que em seu Governo terá uma mesa de negações permanente com os sindicatos. “O Governo Rosalba tratou os servidores como inimigos, no nosso governo o trabalhador será um aliado” – reiterou.

Turismo

Robinson (PSD) voltou a perguntar a Robério e levantou a questão do turismo no RN. “Iremos combater o turismo sexual, estimular a interiorização do turismo e o turismo cultural. Além disso iremos dialogar com os hotéis para garantir melhore salários para os trabalhadores do setor hoteleiro” – respondeu o candidato do PSOL>

Economia

O governadorável do PSOL indagou Araken Fárias (PSL) sobre a economia do RN. Paulino que é economista pela USP falou da situação economia do Estado na replica. “O Rio Grande do Norte vive um grande econômico, somos o maior produtor de petróleo em terra, mas perdemos uma refinaria. Somos o maior produtor de Sal no Brasil, mas não temos uma indústria. Nós vamos passar a produzir tudo que for possível no RN”.

Desertificação

Araken (PSL) indagou Robério sobre a desertificação. Robério Paulino apresentou a necessidade de mudar o modelo hídrico do Estado e de combater a desertificação e a concentração de terras com reforma agraria e reflorestamento.

Saúde

Respondendo a Robinson (PSD) Robério falou da situação do Walfredo Gurgel como “fim da linha da saúde no Estado”. O candidato apresentou estatística de mortes no principal hospital público do RN que soma 210 mortes ao mês. “Vamos recuperar todos os hospitais regionais e desafogar o Walfredo” – propôs.

Serviços Públicos

Robério perguntou para Henrique (PMDB) sobre os serviços públicos do Estado. Na replica ressaltou a necessidade de ter serviços de qualidade.  “Eu quando era um jovem pobre senti a importância do serviço público, de uma escola boa onde estudei, o ETFERN. Nós vamos reestruturar os serviços públicos porque o povo precisa, já você [Henrique] é o símbolo dos salários congelados” – finalizou Robério.

Enviado por Modesto Neto

Publicidade:

AGENDA DOS CANDIDATOS AO GOVERNO DO RN PARA ESTA QUARTA-FEIRA (01)

candidatos_11211

Araken Farias (PSL)
14h – Reunião com comitê de campanha.
16h – Panfletagem no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal.
19h – Gravação de programas eleitorais.

Henrique Eduardo Alves (PMDB)
9h – Caravana em Natal, Macaíba (14h), São Gonçalo do Amarante (16h), Extremoz (18h) e Ceará-Mirim (20h).

Professor Robério Paulino (PSOL)
O candidato não enviou agenda ao G1.

Robinson Faria (PSD)
14h – Comício em Upanema.
16h – Comício em Caraúbas.
18h – Comício e passeata em Mossoró.
22h – Comício em Apodi.

Simone Dutra (PSTU)
6h30 – Campanha nas proximidades do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.
8h30 – Participa de reunião com coordenadores de campanha e assessores.
19h – Participa de reunião com apoiadores no conjunto Nova Natal, na Zona Norte da

Publicidade:

LULINHA CONVIDA “VOU ESTAR LÁ”

AM

Publicidade:
AMC

DECLARAÇÃO DE VOTO

images (1)

Olá amigo. Apresento o meu deputado, candidato a reeleição, George Soares – 22.222 – para que, com o nosso voto, ele possa continuar o brilhante trabalho que vem desempenhando em defesa do Assu, do Vale e de todos nós norte-rio-grandenses.

Na certeza de que posso contar com o seu apoio, antecipo meus sinceros agradecimentos. AbrASSUs, Ivan Pinheiro.

Publicidade:
Samucka

MPF APRESENTA NOVA DENÚNCIA DA ASSEPSIA CONTRA MICARLA E OUTROS 14 ENVOLVIDOS

MPF

Denúncias se referem a fraudes nos processos de seleção de organizações sociais, que permitiram o desvio de recursos públicos

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) apresentou uma nova denúncia relativa às irregularidades descobertas pela Operação Assepsia, que investigou ilegalidades cometidas na contratação da Associação Marca pela Prefeitura do Natal, durante a gestão de Micarla de Souza. Na denúncia, a ex-prefeita e outros 14 envolvidos são apontados como responsáveis por crimes como fraude e dispensa indevida de licitação, além de falsidade ideológica.

O esquema desbaratado pela Operação Assepsia funcionou de meados de 2010 até 2012 e, além das fraudes em procedimentos licitatórios, foram registradas diversos outros crimes que resultaram em quatro outras denúncias já apresentadas pelo MPF à Justiça Federal.

A nova ação inclui entre os denunciados o marido da ex-prefeita, Miguel Weber; o ex-secretário de Saúde Thiago Trindade; o procurador do Município Alexandre Magno de Souza; e o empresário Tufi Soares Meres, citado como líder do “braço empresarial” do esquema.

A denúncia assinada pelo procurador da República Fernando Rocha descreve que as negociações entre o grupo ligado à Prefeitura e os envolvidos ligados a Tufi Meres tiveram início antes mesmo da contratação da Marca, selecionada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para administrar os ambulatórios médicos especializados (AMEs) de Nova Natal, Brasília Teimosa e Planalto, além da unidade de pronto-atendimento (UPA) de Pajuçara.

Os dois processos de escolha, tanto para administração dos AMEs quanto da UPA, apresentaram diversas irregularidades e foram direcionados para a seleção da Marca, que repassava recursos do poder público a vários envolvidos, através da subcontratação de empresas, e ainda preenchia vagas de trabalho nas unidades de saúde com indicados da ex-prefeita, de secretários e de políticos.

Terceirização

Antes da seleção da Marca, a Prefeitura contratou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para elaborar um “trabalho técnico” que resultou na indicação de um modelo de gestão terceirizada de unidades de saúde. Leonardo Carap, coordenador encarregado pela FGV dos trabalhos desenvolvidos em Natal, tornou-se o principal elo entre Tufi Meres e o Município.

Carap chegava a enviar a Tufi Meres conteúdo de documentos e estudos de caráter confidencial. Ele foi, ainda, o responsável pela ida de Thiago Trindade, Alexandre Magno e Carlos Fernando Bacelar ao Rio de Janeiro, em agosto de 2010, quando os representantes da SMS conheceram de perto o trabalho da organização social e os demais integrantes do esquema, ligados ao grupo de Tufi Meres.

Leonardo Carap era remunerado por seus serviços de “intermediação de negócios” através de repasses da Salute Sociale (empresa do grupo de Tufi Meres) para suas contas e de sua empresa: Qualimed Planejamento. De maio a novembro de 2011 foram feitos repasses de R$ 321.099,43.

De acordo com o MPF, todo o trâmite do chamamento público que resultou na contratação da Marca foi definido por Micarla de Souza e Miguel Weber pelos menos dois meses antes da deflagração formal do processo e antecipadamente noticiado a servidores (Thiago Trindade, Alexandre Magno, Thobias Bruno e Carlos Bacelar) e particulares (Tufi Meres, Rosimar “Rose” Bravo, Antônio Carlos Júnior, Jonei Lunkes e Leonardo Carap).

Contratação

As negociações se concretizaram em outubro de 2010, com o processo de seleção de uma organização para gerenciar os AMEs. Os termos do edital, bem como a formação da comissão julgadora (composta por Carlos Fernando, Maria do Perpétuo e Elizama Batista) foram definidos por Alexandre Magno e Jonei Lunkes, este um “consultor” que trabalhava clandestinamente na SMS, sem vínculo formal, recebendo R$ 22 mil mensais através de subcontratação à Marca.

Em e-mail enviado ao ex-secretário e a Annie Azevedo, Carlos Bacelar e Rose Bravo, Alexandre Magno deixa claro o cronograma da seleção que irá “oficializar” a contratação da Marca. Em 3 de setembro, mais de um mês antes, ele já explica aos destinatários quais passos serão dados e detalha o procedimento, chegando a esclarecer que “O pessoal do RJ seguiu para visitar as unidades acima e deve retomar com relatório de custos”. No item “Outras providências”, o procurador é ainda mais específico quanto às tarefas a serem adotadas: “b. Qualificar a Marca”

A qualificação da Marca como organização social foi publicada em 14 de outubro de 2010. A ata da sessão que declarou a entidade vencedora da chamada foi publicada dia 22, cinco dias úteis depois. Para o MPF, o prazo reduzido só reforça o “jogo de cartas marcadas”. Maria do Perpétuo Socorro e a servidora Elizama Batista, membros da comissão julgadora ao lado de Carlos Fernando Bacelar, subscreverem a ata da sessão de 18 de outubro de 2010, que nunca aconteceu.

Cerca de uma mês após ganhar o contrato dos AMEs, a SMS lançou novo processo seletivo para entregar a uma OS a gestão da UPA de Pajuçara. O edital e o termo de referência , publicados em novembro de 2010, foram elaborados por Jonei, Alexandre e Thobias Gurgel. O Ipas “sagrou-se vencedor”, mas decidiu “por motivos de força maior” desistir do contrato, cedendo espaço à Marca.

“Não há como deixar de reconhecer que os agentes públicos encarregados da condução da seleção (…) e os representantes da Marca combinaram previamente o resultado do certame, inclusive ajustaram a desistência do primeiro licitante convocado”, ressalta a ação do MPF.

Micarla de Souza

Em mensagens trocados por Tufi Meres com seu “braço direito” Rose Bravo, o empresário reconhece a necessidade de levar ao conhecimento do “marido”, forma pela qual se referia a Miguel Weber, a ocorrência de atrasos nos pagamentos à Marca. Na mensagem, ele afirma ser necessário Miguel saber que “as coisas não andam conforme combinado por lá” e que os dois “comandados (Francisco de Assis Rocha Viana e Antônio Luna, então gestores financeiros da SMS e da Secretaria de Planejamento) estavam atrapalhando”.

A denúncia do MPF reforça que Micarla de Souza “ostentou efetiva participação em todas as etapas da cadeia delitiva”, incluindo a contratação da FGV; a indicação de apadrinhados políticos para ocupar postos de trabalho nas unidades de saúde geridas pela Marca; até a negociação e definição de valores do contrato de gestão hospitalar.

Para o MPF, na primeira fase do esquema a participação de Micarla e Miguel Weber ocorreu de forma mais discreta, enquanto Thiago Trindade e Alexandre Magno deliberavam na “linha de frente” com os representantes do grupo chefiado por Tufi Meres. Porém, após a exoneração do secretário, em 2011, o casal assumiu “as rédeas do negócio” e convocou Francisco de Assis Viana e Antônio Carlos Luna para auxiliarem na continuidade do esquema instalado na SMS.

Em uma troca de e-mais com Miguel Weber, que sequer pertencia aos quadros da Prefeitura, Tufi Meres envia a ele uma lista de pessoas contratadas nas unidades administradas pela Marca, com o registro dos respectivos “padrinhos” (políticos e secretários municipais em sua maioria) e a listagem das vagas ainda abertas.

Miguel Weber explica que “gostaria que pudessemos participar desse processo”, referindo-se a contratações e demissões nas unidades, e acrescenta: “Inclusive eu preciso de mais uma vaga de enfermeira e dentista”. Já em mensagem a Rose Bravo, Tufi Meres afirma sobre Miguel Weber: “Estamos lidando com um crápula”.

As investigações apontaram que todas as negociações envolvendo a contratação e os pagamentos da Marca passaram pelo crivo do casal Micarla e Miguel Weber. O marido da ex-prefeita, em troca de mensagens, chega a indicar valores e percentuais de ajuste dos contratos.

Envolvidos

Além de tornar-se elo entre integrantes do esquema, Alexandre Magno elaborou a lei permitindo a “qualificação de entidades sem fins lucrativos como organizações sociais” e “pavimentou caminhos e conferiu blindagem jurídica para que empresas privadas, utilizando-se da roupagem de organização social, firmassem contratos de gestão (…)e efetuassem desvio de verbas”.

O procurador do Município e Thiago Trindade indicaram Thobias Bruno Gurgel; Carlos Fernando Bacelar e Annie Azevedo Cunha para cargos de chefia da SMS, para poderem auxiliar na montagem e funcionamento do esquema. Eles deram suporte operacional, administrativo e gerencial. Do grupo de apoio a Tufi Meres, além de Rose Bravo estão incluídos Mônica Nardelli e Antônio Carlos Oliveira Júnior, o Maninho, esposo de Rose Bravo.

Além das penas referentes aos crimes específicos (ver lista abaixo), o MPF requer para todos os denunciados a inabilitação para o exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, pelo prazo de cinco anos. A ação penal tramita na Justiça Federal sob o número 0003238-80.2014.4.05.8400.

Detalhamento das denúncias

Dispensa indevida de licitação (art 89 da Lei 8.666), fraude ao caráter competitivo de procedimento licitatório (art 90 da Lei 8.666); e falsidade ideológica (art 299 do Código Penal)

Micarla Araújo de Souza Weber; Miguel Henrique Oliveira Weber; Thiago Barbosa Trindade; Alexandre Magno Alves de Souza; Thobias Bruno Tavares Gurgel; Carlos Fernando Pimentel Bacelar Viana; Annie Azevedo Cunha Lima; Tufi Soares Meres; Rosimar Gomes Bravo de Oliveira; Antônio Carlos de Oliveira Júnior, “Maninho”; Leonardo Justin Carap; e Jonei Anderson Lunkes.

Dispensa indevida de licitação e falsidade ideológica

Mônica Simões Araújo e Nardelli.

Falsidade ideológica

Maria do Perpétuo Socorro Lima Nogueira; e Elizama Batista da Costa.

Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN

Publicidade:
Dentista

PASTORES EVANGÉLICOS COMPROMETIDOS COM CAMPANHA DE WILMA

W1

W2

W3

Tendo como candidato a segundo suplente o evangélico, que é vereador de São Gonçalo do Amarante, Pastor Edmilson, a candidata ao Senado, Wilma de Faria, vem contando com apoio de várias denominações.

E, na manhã desta terça-feira (30), teve importante reunião com representantes da Ordem dos Pastores do Rio Grande do Norte, que representa mais de 500 igrejas no estado, para fortalecimento do trabalho nesta reta final de campanha.

Reafirmando a defesa vida e da família, a ex-governadora conversou com pastores relatando sobre seu histórico de atuação e bandeiras que pretende defender no Senado. “Tenho princípios éticos e morais com base nos valores cristãos e acredito que o que mais precisamos neste país é de fé para enfrentar os muitos desafios diários”.

Vice-presidente da Ordem, o Pastor da Assembleia de Deus, Eliel Moreira, gostou dos compromissos assumidos pela candidata. “Vimos aqui um discurso forte e seguro que nos dá tranqüilidade para continuar sua defesa”.

Já o Pastor Edmilson ressaltou: “Nossa senadora tem posicionamento a favor da vida, da família e dos princípios cristãos, que tanto defendemos. Tem uma candidatura que se identifica e se assemelha com o que pregamos, pensamos e queremos para nosso país e para o Rio Grande to Norte. Estavam cantando vitória, mas daqui para o dia 5 vamos para as ruas e os evangélicos vão defender a candidatura de Wilma”.

A deputada estadual candidata à reeleição, Márcia Maia, também participou do encontro mostrando sua forte atuação na área social e na defesa das crianças e adolescentes, e, sobretudo, na instituição família. “Preservo, acima de tudo, os valores familiares que aprendi com minha mãe, de quem tenho muito orgulho e é minha referência maior. Com ela, aprendi a usar a política para servir a sociedade, a coletividade”,

Também participou do encontro o candidato a deputado federal evangélico, Antônio Júnior.

Publicidade:
AMC